Automobilismo

GP da Hungria já viu Hamilton agressivo e toque em Ricciardo; relembre

GP da Hungria
Reprodução / Youtube

A batida entre Max Verstappen e Lewis Hamilton no GP da Inglaterra ainda repercute nos bastidores da F1. Os dois pilotos terão novo encontro duas semanas depois, agora no GP da Hungria, que já foi palco de um incidente entre o inglês e Daniel Ricciardo, hoje na McLaren.

Naquela prova, Hamilton demonstrou bastante agressividade para ultrapassar os oponentes ou para defender a posição, dividindo curvas e chegando a encostar nos adversários, entre eles Rosberg, Felipe Massa e Ricciardo.

PÉSSIMA LARGADA

O inglês até conquistou a pole position, mas largou muito mal, permitindo as ultrapassagens de Vettel, Raikkonen (ambos da Ferrari) e Nico Rosberg, seu companheiro de equipe.

No desespero, Hamilton partiu para cima do alemão da Mercedes, tentou ultrapassar por fora e perdeu o controle do carro, passando pela brita. Este foi um dos incidentes que estremeceu a relação entre os dois, com direito a reclamação pelo rádio: “Nico cruzou a minha linha, me empurrando para o lado”, relatou.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Precisando recuperar ainda mais posições, Hamilton dividiu curva e ultrapassou Felipe Massa por fora. Na imagem, é possível perceber que os dois carros se tocam e o brasileiro tem trabalho para segurar sua Williams e evitar rodar.

No lance capital, Rosberg abriu para passar Raikkonen (que estava com problemas no motor), ao mesmo tempo que Hamilton, logo atrás, tentava se defender do ataque de Ricciardo. O australiano foi tocado pelo inglês e passou pela área de escape. Já Hamilton perdeu um pedaço da asa dianteira.

Verstappen, ainda na Toro Rosso, se envolveu em um incidente com Bottas (na Williams), furando o pneu do finlandês. Depois do pega com Hamilton, Ricciardo ainda tentou passar Rosberg, fritou pneu e tocou na traseira de alemão, furando o pneu do futuro vice-campeão daquela temporada.

A prova foi vencida por Sebastian Vettel, seguido por Daniil Kvyat (na Red Bull) e Daniel Ricciardo.

FESTIVAL DE PUNIÇÕES

Além de Hamilton outros pilotos foram bem agressivos no estilo de pilotagem. O venezuelano Pastor Maldonado (Lótus) foi punido por ultrapassar antes da saída do Safety Car – e durante a prova mandou Sérgio Perez, da Force Índia, para a barreira de pneus.

Daniil Kvyat recebeu dez segundos de penalidade por sair da pista e obter vantagem. Kimi Räikkönen, da Ferrari, também ganhou dez segundos de penalidade por ultrapassar o limite de velocidade do pit-lane.

Esse GP da Hungria também foi marcada por homenagens à Jules Bianchi, piloto da Marussia que faleceu dias antes da prova, após meses hospitalizado em função de uma forte batida em um guindaste, durante o GP do Japão.

Em 2021, a prova acontece no dia 1º de agosto, às 10h, com tempo real no Esporte News Mundo.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top