Futebol Internacional

Greenwood e Foden são cortados da Inglaterra por quebra de protocolo

Divulgação (FA)
— Continua depois da publicidade —

Mason Greenwood e Phil Foden foram cortados da seleção inglesa nesta segunda-feira (7) e não viajarão com o elenco para enfrentar a Dinamarca.

O corte aconteceu por causa da quebra de protocolo da quarentena estabelecido pela FA (Football Association) pelos dois jogadores na Islândia, onde a seleção inglesa venceu por 1 a 0 o confronto na Nations League.

Mídias locais do país estão repercutindo vídeos que mostram Greenwood e Foden convidando mulheres para seus quartos de hotel na concentração em Reykjavik.

O técnico da seleção, Gareth Southgate, confirmou que ambos quebraram regras de concentração e já foram enviados novamente para a Inglaterra. Ambos não tiveram nenhum contato com os jogadores nesta segunda-feira (7).

— Infelizmente nesta manhã eu fui informado de que os dois garotos quebraram as regras de isolamento do Covid da nossa bolha de segurança. Decidimos rapidamente de que eles não poderiam mais ter nenhum contato com a equipe. —

Entretanto, o técnico desmentiu a versão da imprensa local em relação à polêmica de convidar mulheres para a concentração, mesmo que imagens e fotos possam indicar o contrário.

— Ainda estamos tentando nos manter informados em relação ao que realmente aconteceu porque fiquei sabendo da situação à apenas algumas horas atrás antes do treino — disse o técnico à Sky Sports.

Na entrevista, Southgate resolveu não responder aos questionamentos mais detalhados, como por exemplo, se Foden e Greenwood deixaram a concentração em algum momento.

Os dois jogadores estrearam pela seleção inglesa no último sábado (5) na vitória contra a Islândia por 1 a 0, como citado anteriormente.

As duas equipes de Manchester já condenaram as ações de seus jovens jogadores em notas curtas publicadas para a imprensa.

— Estamos desapontados com as ações de Mason Greenwood diante de toda esta situação que foi criada — disse o Manchester United.

— Está muito claro que os comportamentos demonstrados por Phil Foden foram totalmente inapropriados. Seu comportamento não condiz com o esperado de um profissional do clube e da seleção diante dos cuidados do Covid019 — afirmou o Manchester City.

Provavelmente, os dois jogadores deverão permanecer em isolamento de 14 dias a partir do momento em que retornarem à Inglaterra.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo