Campeonato Brasileiro - Série B

Grêmio joga mal, empata com o Ituano e fica fora do G4 da Série B

Foto: Fernando Roberto/ItuanoFC

Na noite desta segunda-feira (16), o Grêmio foi ao Estádio Novelli Júnior e empatou com o Ituano por 1 a 1. Os gols foram marcados por Diego Souza e Lucas Nathan, ambos no segundo tempo. A equipe Tricolor foi pressionada praticamente o jogo todo pelo Ituano.

Com o resultado, o Grêmio se mantém na 6ª colocação, com 11 pontos ganhos. Já o Ituano sobe para a 7ª posição, com 9 pontos ganhos. Na próxima rodada, o Galo visita o Operário no sábado (21) às 11h, enquanto que o Tricolor recebe o Criciúma na quinta-feira (19) às 19h.

PRIMEIRO TEMPO DE DOMÍNIO DO ITUANO

O jogo no início parecia que seria com muita disputa no meio-campo. Porém, o Ituano passou a levar a melhor na partida e fluir com mais naturalidade as suas jogadas.

Foram duas bolas na trave no primeiro tempo e uma defesa incrível de Brenno num chute forte de Gerson Magrão. Quanto ao Grêmio, a equipe não teve criatividade, não conseguia triangular jogadas e só teve uma finalização com perigo, em chute de Bitello de fora da área.

+ Veja os lances do empate entre Ituano e Grêmio pela Série B

SEGUNDO TEMPO COM O MESMO CENÁRIO

O segundo tempo já tem mais uma bola na trave do Ituano, ainda que com um tapa de Brenno. E o time seguiu mais intenso, porém nada efetivo nas oportunidades criadas.

O contrário daí aconteceu e aquele famoso ditado ‘quem não faz, leva’. E foi com um escanteio: Campaz cobrou a zaga desviou. Então, a bola fica com Biel, que faz novo cruzamento para Diego Souza, que mata no peito, divide com a zaga e finaliza de canhota no ângulo do goleiro Pegorari.

A partir de então, o Grêmio passou a ser menos ameaçado, mas ainda assim o Ituano forçava o jogo, porém o acabamento das jogadas estava precário, tanto em passes no terço final, quanto em finalizações. Mas a pressão surtiu efeito: o Ituano chegou ao empate com Lucas Nathan, após bola alçada na área por Pacheco e falha da defesa do Grêmio.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top