Grêmio

Grêmio pedirá anulação da partida contra o São Paulo alegando erros de arbitragem

Bolzan
Foto: Lucas Uebel / Grêmio
— Continua depois da publicidade —

Na manhã deste domingo (18), através de seu twitter oficial, o Grêmio comunicou que o presidente Romildo Bolzan Jr, pedirá anulação do jogo entre São Paulo e Grêmio, que aconteceu no sábado (17). Também será solicitada uma investigação da reunião realizada entre os membros da CBF com a parte arbitral, que motivou a mudança na escala do árbitro do VAR. Na nota oficial, o clube classificou a arbitragem do jogo como desastrosa e danosa.

Dois dias antes da partida contra o Grêmio, dirigentes do São Paulo pediram alteração da equipe de arbitragem para o jogo contra o Tricolor. A solicitação foi pela ausência Rodolpho Toski Marques no VAR. Também foi pedida a alteração de Rafael Traci, como árbitro de campo da partida. A alteração do árbitro de vídeo foi atendida e Elmo Alves Resende Cunha (CBF/GO) assumiu a cabine de vídeo.

Na última quarta-feira (14), o presidente da comissão de arbitragem da CBF, Leonardo Gaciba, admitiu em entrevista a um programa de TV, uma falha no uso do vídeo. O erro ocorreu na anulação de um gol do São Paulo, em 3 de setembro, pelo Campeonato Brasileiro.

Manifestação do presidente Romildo Bolzan Jr:

-O resultado do jogo não refletiu a partida. A troca do quadro de arbitragem comprometeu o crédito da arbitragem brasileira de seus comandantes. O Grêmio foi flagrantemente prejudicado, embora os critérios: pênaltis, cartões e critérios de avaliações, sem falar no VAR, novamente omisso. Deslegitimou, desacreditou a arbitragem e o crédito do futebol brasileiro pelo antecedente da influência do São Paulo na troca do quadro arbitral. Chega. Sem mais mais espaços para imoralidades.

Para mais informações do Grêmio acompanhe o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

To Top