Fluminense

Grupo de torcedores do Fluminense vai protocolar novo pedido por auditoria externa

Foto: Mailson Santana/Fluminense FC
— Continua depois da publicidade —

Um grupo de torcedores do Fluminense, o “Sou Tricolor”, vai protocolar novamente uma realização de auditoria externa. O delegado federal Marcelo Daemon, fundador do grupo, disse em entrevista ao Esporte News Mundo, que a intenção é cobrar uma promessa de campanha do presidente Mário Bittencourt e que vai protocolar na próxima semana.

– O principal objetivo é forçar o presidente do clube a cumprir promessa de campanha, identificar maus gestores que eventualmente tenham agido de má fé ou cometido erros grosseiros. Após, obrigar o clube a promover a responsabilidade civil dos culpados na esfera judicial. Sanear as contas com transparência para que possamos atrair investidores – disse.

Em novembro do ano passado, o mesmo grupo entrou com uma carta-aberta para tentar viabilizar a auditoria externa. De acordo com Daemon, o Fluminense não concedeu uma resposta formal sobre o assunto.

– Informalmente, o presidente nos disse que duas empresas recusaram realizar auditoria, porque o Fluminense não estava em condições de ser auditado – disse.

Agora, o grupo procura outra estratégia para conseguir a auditoria externa, que foi prometida por Mário Bittencourt. Na última semana, o grupo criou uma petição para tentar forçar o Fluminense a acelerar o processo. De acordo com Daemon, se não houver resposta, os integrantes tomarão outras medidas e cita o Estatuto do Consumidor.

– Se não houver resposta adotaremos outras medidas que a princípio inclui a provocação do órgão de tutela coletiva do Ministério Público do Estado. A relação do torcedor com o clube devido ao Estatuto do Torcedor e o Código de Defesa do Consumidor é uma relação de consumo. As duas legislações ditam ser direito do consumidor saber a forma como o seus recursos depositados na instituição seja como sócio ou ao adquirir ingressos são investidos.  

No momento, a petição já ultrapassa a marca de três mil assinaturas. A meta definida pelo grupo é de cinco mil assinaturas. O abaixo-assinado está disponível desde o dia 11 de setembro.

O grupo “Sou Tricolor”, fundado em 2016, nasceu da união de amigos de longa data que tinham em comum o amor ao Fluminense. Hoje, reúne cerca de 50 integrantes, sócios de diversas categorias e sem qualquer ligação com grupos políticos do clube, segundo o fundador.

VEJA A CARTA

“Torcedor Tricolor, a hora é agora! É TEMPO DE UNIÃO PARA SALVAR o FLUMINENSE!

Desde 2013 temos sofrido com times medíocres que não estão à altura da nossa tradição dentro do cenário do futebol brasileiro, em uma visão superficial, o torcedor sofre porque as derrotas se tornaram o nosso mote e o “apequenamento” parece ser o destino final.

O Fluminense hoje é um paciente terminal, tem leve melhora, mas logo depois volta a precisar de aparelhos para respirar, deixamos de lutar por título para, ano após ano, lutarmos para evitar o descenso.

Contudo, ao buscarmos as razões do nosso atual estado de calamidade, chegaremos, dentro de um raciocínio lógico, a conclusão de| que o grande problema está fora de campo. Nesse sentido, gestões desastrosas, atabalhoadas e talvez até mesmo agindo de má fé levaram o nosso clube de coração ao atual cenário de terra arrasada.

Diante do atual panorama, uma auditoria externa, independente, é o primeiro passo para que possamos acenar ao mercado no sentido da formação de um novo Fluminense, livre da incompetência e da gestão de grupos que se eternizam em um troca-troca de cargos, entre outras amostras de pouco profissionalismo.

Vale lembrar que a auditoria externa foi promessa de campanha do atual presidente, bem como que a transparência da gestão é direito do torcedor e do sócio, com base no Estatuto do Torcedor e no Código de Defesa do Consumidor.

Ressalta-se ainda que, o Movimento Sou Tricolor tem como lema Tudo pelo Fluminense, Nada do Fluminense, sendo isso não apenas um compromisso como também amostras de que não desejamos nada do clube que não seja restaurar o patamar que nos foi usurpado por gestões pífias.

Por fim, conclamamos a torcida tricolor em peso a assinar e divulgar a petição criada no site Avazz para que possam nos ajudar na busca de um Fluminense digno de nossas tradições.

Rio de Janeiro/RJ 14 de setembro de 2020

Marcelo Daemon

Fundador”

O PRESIDENTE JÁ FALOU SOBRE O ASSUNTO

Mário-Bittencourt-Lucas-Merçon-Fluminense
Foto: Lucas Merçon/Fluminense

Em coletiva no dia 7 de agosto, Mário Bittencourt foi perguntado sobre o assunto e garantiu que a diretoria está trabalhando para que isso possa acontecer. Ele explicou que nenhuma grande empresa quis pegar o caso do Fluminense por uma falta de organização na documentação das gestões anteriores.

– O Fluminense sempre teve auditoria. É obrigatória. Ela é feita normalmente pela mesma empresa, como ganhamos a eleição no meio de 2019 não tínhamos como trocar essa empresa. Fomos buscar outra empresa. O Fluminense ficou tantos anos com problemas que nenhuma empresa “big four” se comprometeu enquanto não organizarmos a documentação do clube. Iniciamos o trabalho em janeiro de 2020, mas paralisou com a pandemia. Vamos voltar, mas vamos tentar nesse final de ano colocar na mão de uma dessas empresas os documentos para sermos auditados por uma empresa grande e independente para colocar o Fluminense em outro trilho – disse.

– O orçamento foi aprovado por unanimidade, é diferente de todos os outros. Pela primeira vez na história do clube foi dividido em quatro torres para sabermos quanto custa cada um, receitas e desenvolver as áreas separado. Precisamos dividir os centros de resultado do clube. Caminhamos administrativamente para uma maior organização. Para que uma grande empresa queira fazer uma auditoria do Fluminense. Um dos instrumentos que estamos criando é para quem vier depois continuar fazendo o que estamos construindo. Vamos tentar criar regras internas para os que vierem manterem as reformas e auditorias – completou o mandatário.

Um comentário

Um comentário

  1. Pingback: Grupo de torcedores do Fluminense vai protocolar novo pedido por auditoria externa | DF MANCHETES

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo