Guarani

Guarani mira fim de série negativa do ataque contra a Ponte Preta no Majestoso

Guarani fez apenas um gol nos cinco últimos dérbis contra a Ponte Preta no Moisés Lucarelli | Crédito: Álvaro Júnior / AA Ponte Preta
— Continua depois da publicidade —

Por fim do tabu de 11 anos no Moisés Lucarelli, o Guarani desafia histórico negativo recente do sistema ofensivo contra a Ponte Preta.

Nos cinco últimos dérbis disputados diante da Macaca como visitante, Bugre só marcou um gol, em cobrança de pênalti do ex-meia Fumagalli, em 2012.

LEIA MAIS: Guarani desafia tabu de 11 anos sem vencer a Ponte Preta no Moisés Lucarelli

No famoso ‘Dérbi Centenário’, ex-camisa 10 venceu duelo particular contra Lauro e empatou o clássico em 1 a 1, aos 46 minutos do segundo tempo, pelo Campeonato Paulista.

A penalidade foi originada a partir de falta sofrida pelo ex-atacante Ronaldo, dentro da área, logo no primeiro toque na bola.

Desde então, Alviverde amarga sequência de três confrontos sem balançar as redes no Majestoso, com um empate (2018) e duas derrotas, ambas em 2019 – 3 a 0 (Paulistão) e 1 a 0 (Série B).

A última série tão ruim foi registrada entre 1982 e 1985, com um revés e duas igualdades.

“Eu acho que falta o detalhe para criar mais oportunidade. Falta o detalhe, principalmente no último jogo. Nós tivemos, ao meu ver, no segundo tempo, as melhores ações do jogo. Buscamos o gol a todo tempo e a todo custo. Faltou só o detalhe, o que a gente está buscando isso nos treinamentos”, justificou Lucas Crispim, em coletiva de imprensa.

“Agora, falta a gente acertar esse passe final e esse detalhe que falta para alavancar na competição. O cenário ideal para o Guarani é a vitória. A gente vai buscar essa vitória do começo ao fim. Não importa se está jogando em casa ou fora. O trabalho que a gente vem buscando muito é esse de buscar o gol o tempo inteiro”, completou.

TABELA

Sem vencer há cinco jogos, Guarani amarga a vice-lanterna na Série B do Campeonato Brasileiro, com apenas 11 pontos em 13 rodadas.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

To Top