Geral

Guarani mira fim de tabus históricos no Dérbi 201

Foto: Thomaz Marstegan/Guarani FC

Diante de um bom momento no campeonato nacional e o sonho do acesso à Série A, o Guarani chega ao Dérbi 201, nesta sexta-feira (17), motivado para conquistar os três pontos. A determinação, porém, não é gerada somente a partir da chance de se aproximar ainda mais do G4, mas também por conta da oportunidade do esquadrão de Daniel Paulista fazer história e, com isso, quebrar tabus que já perduram por mais de uma década.

Na temporada de 2009 da Série B do Campeonato Brasileiro, Guarani e Ponte Preta voltavam a disputar o dérbi campineiro pela competição nacional após um hiato de cinco anos. O primeiro confronto, válido pela sétima rodada e sediado no Estádio Moisés Lucarelli, representava para o Bugre a chance de encerrar a invencibilidade do rival em dérbis disputados dentro de sua casa, que perdurava desde 2003. Com um gol relâmpago de Caíque, logo no primeiro minuto da partida, a equipe então comandada por Oswaldo Alvarez foi capaz de segurar o resultado e garantir os três pontos.

A quebra do tabu, porém, parece ter gerado outra “maldição” para o o clube alviverde, já que, desde então, o Guarani não foi capaz de vencer seu rival campineiro em território inimigo. Em 12 anos desde o triunfo por 1×0, a equipe somou sete confrontos no lado alvinegro da cidade, acumulando cinco derrotas e dois empates.

Para saber de tudo do GUARANI, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

O segundo confronto da temporada de 2009 também ostenta uma marca significativa no histórico entre as duas equipes. Pelo segundo turno da competição, era a vez do Brinco em receber o duelo entre os rivais, de número 185. Em um jogo quente, marcado pelo alto número de cartões – nove amarelos e três vermelhos -, o Guarani adquiriu os três pontos através de uma vitória por 2×1, com gols de Ricardo Xavier e Bruno Aguiar. Com o resultado, a equipe alviverde foi capaz de aplicar a primeira “dobradinha” na história dos confrontos dentro de uma competição por pontos corridos.

Para a tristeza dos torcedores bugrinos, porém, a marca nunca tornou a se repetir. O Guarani não só nunca mais foi capaz de vencer a Ponte Preta em partidas de turno e returno, como também a equipe não vence seu maior rival duas vezes seguidas – independente da competição – há 12 anos.

+ “É uma semana importantíssima de concentração e foco”, diz Rafael Martins sobre preparação do Guarani para o Dérbi

TABELA

Em sexto lugar na tabela, ostentando 37 pontos, o Bugre volta a campo pela Série B do Campeonato Brasileiro somente na próxima sexta-feira (17), quando disputará o Dérbi 201 diante da Ponte Preta, às 21h30.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top