Basquete

Gustavo De Conti assume o cargo de treinador da seleção brasileira de basquete masculino

Gustavo De Conti é o novo técnico da seleção brasileira
Foto: Divulgação/Time Brasil

O técnico multicampeão à frente com o Flamengo, Gustavo De Conti é o novo comandante da seleção brasileira de basquete masculina. Aos 41 anos, o treinador irá manter o cargo de técnico do rubro-negro e o o Brasil no ciclo olímpico de Paris-2024 em busca de voltar ao maior evento esportivo do mundo, após ficar de fora nas Olimpíadas de Tóquio.

Gustavinho assume o cargo deixado por Alexsandar Petrovic após quatro anos a frente da seleção brasileira. O técnico croata saído depois da derrota para a Alemanha na final do Pré-Olímpico.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

Em uma entrevista exclusiva com o Portal Esporte News Mundo, Gustavo já havia dito que é um sonho treinar a seleção e agora ele tem finalmente a sua oportunidade.

– Estou muito feliz com a oportunidade. É um sonho, desde que me tornei treinador de basquete eu sonho em treinar a Seleção Brasileira e poder representar meu país. Quero agradecer muito ao Flamengo pela compreensão, pelo apoio e pela liberação para que eu possa exercer o cargo também na CBB, juntamente ao clube. Agradeço ao presidente Rodolfo Landim, ao vice-presidente de Esportes Olímpicos, Guilherme Kroll, e ao diretor da Pasta, Marcelo Vido. Acho importante exaltar também o trabalho de toda a comissão técnica do Flamengo e agradecer aos meus companheiros, que são fundamentais para que eu exerça minha função no dia a dia. E, claro, minha família, que sempre me apoiou e sonhou junto comigo com esse momento – disse Gustavinho.

Momento da assinatura de Gustavinho com a seleção / Foto: Basquete Brasil – CBB

+ Gustavo de Conti abre o jogo ao ENM e projeta mais uma temporada vitoriosa: ‘Flamengo é pressão sempre’

Tendo o desafio de comandar a seleção em uma tentativa de voltar as Olimpíadas e tendo uma Copa do Mundo para disputar, Gustavinho projeta uma trajetória com dificuldades, mas diz acreditar no potencial da seleção brasileira:

– Não será uma trajetória fácil, o basquete mundial é muito equilibrado, mas tenho certeza que podemos entrar em todas as competições para brigar por coisas boas. Aproveito para pedir a união de toda a comunidade do basquete, pois precisaremos de todos para atingir esse objetivo – afirmou.

O técnico Gustavinho terá as duas funções e se prepara para a sua quarta temporada a frente do Flamengo, já tendo conquistado tudo o que disputou, sendo dois NBBs, uma Champions League, duas copas Super 8 e três Campeonatos Cariocas. Além dos prêmios individuais como melhor treinador do Brasil em 2014, 2017 e 2018.

O primeiro compromisso de Gustavinho com a Seleção Brasileira será em novembro, na abertura das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2023. O Brasil terá pela frente dois jogos contra o Chile, nos dias 25 e 28 de novembro, com horários e locais ainda a serem definidos. A competição irá classificar sete seleções do continente para a Copa do Mundo. As duas melhores seleções das Américas de melhor classificação irão para as Olimpíadas de Paris em 2024, as demais disputam o Pré-Olímpico.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top