Atlético-MG

Herói da classificação, Everson cita frustração pela falha e sentimento de segunda chance

Divulgação: Conmebol

O goleiro Everson foi do céu ao inferno em poucos minutos na classificação do Atlético-MG às quartas de final da Libertadores. O jogador atleticano falhou no gol do Boca Juniors, que foi anulado, defendeu duas cobranças e ainda marcou o gol que deu fim às penalidades.

Em entrevista ao Seleção Sportv, dos canais Globo, o arqueiro falou sobre o lance. Everson citou a frustração em ter errado no lance que poderia mudar o rumo do Galo na competição e comentou sobre a segunda chance que teve.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

– Ontem, bateu a frustração por ter tentado antecipar o jogador do Boca, acabar soltando a bola e ver o cara fazer o gol. Foi uma ducha de agua fria, a gente sabe como equipes da Argentina são copeiras, sabem esfriar o jogo. Eles fazendo 1 a 0, ficaria difícil pra gente reverter o placar. Mas veio a chamada do VAR e aquele sentimento de segunda chance. Só que eu também não esperava que a segunda chance iria ter esse roteiro tão lindo, tão especial pra mim como foi no final.

Everson está no Atlético-MG desde 2020, quando chegou a pedido do técnico Sampaoli. À época, o goleiro desbancou o companheiro Rafael, ex-Cruzeiro, e assumiu a titularidade no clube. Com a camisa alvinegra, o jogador é um dos nomes de confiança do técnico Cuca. O goleiro, inclusive, esteve cotado para defender a Seleção Brasileira recentemente, como revelou o diretor de futebol Rodrigo Caetano.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top