Atlético-MG

Com novo aumento, ingressos para Atlético-MG e Fluminense começam a ser vendidos nesta quinta; veja valores

Foto: Pedro Souza / Atlético

O Atlético-MG anunciou os valores dos ingressos para o duelo contra o Fluminense, no próximo domingo (28), pelo Brasileirão. O jogo não pode mais ser o da confirmação do título Brasileiro pois o Galo não venceu o Palmeiras nessa terça, mas é o que pode praticamente sacramentar o título.

+ Com 90% de aproveitamento, Atlético-MG bate recorde de vitórias seguidas como mandante no Brasileirão

As vendas iniciarão às 14h desta quinta (25) e seguirá o mesmo modelo das últimas, com a prioridade para sócios GNV Preto e Forte e Vingador, seguido por Prata, Branco e Clube e, por fim, caso reste ingresso, ao público em geral. Confira os valores:

Laranja e Amarelo – Superior e Inferior
GNV Preto e GNV Forte e Vingador: R$99,75
GNV Prata: R$128,25
GNV Branco / GNV Clubes: R$142,50
Ingresso Adicional: R$142,50

Vermelho Inferior e Superior
GNV Preto e GNV Forte e Vingador: R$159,25
GNV Prata: R$204,75
GNV Branco / GNV Clubes: R$227,50
Ingresso Adicional: R$227,50

Roxo Superior
GNV Preto e GNV Forte e Vingador: R$199,50
GNV Prata: R$256,50
GNV Branco / GNV Clubes: R$285,00
Ingresso Adicional: R$285,00

Roxo Inferior
GNV Preto e GNV Forte e Vingador: R$269,15
GNV Prata: R$346,05
GNV Branco / GNV Clubes: R$384,50
Ingresso Adicional: R$384,50

*O ingresso adicional, que antes podia ser comprado no momento da compra do ingresso do proprietário do cartão, agora só será liberado caso ainda restem ingressos na sexta (26), às 13h.

Nos últimos jogos o Atlético bateu recordes tanto na hora da venda, tendo comercializado todos os ingressos em menos de 2h, quanto do Mineirão, batendo incríveis 61.476 presentes na vitória por 2 a 0 contra o Juventude.

Atlético-MG e Fluminense se enfrentam às 16h do próximo domingo, no Mineirão. A vitória não garante matematicamente o título para o Galo, mas obrigaria o Flamengo a vencer todos os jogos restantes e ainda contar que o Galo perderia todos os restantes.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top