Vasco

Integrantes de torcidas organizadas do Vasco invadem São Januário para cobrar diretoria: ‘cadê você, Salgado?’

Foto: Reprodução

Membros de torcidas organizadas do Vasco invadiram São Januário para protestar contra a péssima fase do time, cada vez mais longe do G4. Os torcedores entraram pelo restaurante que fica no estádio e se encaminharam até a sala da presidência, que estava vazia.

O grupo direcionou palavras de ordem contra o presidente Jorge Salgado e demais membros da diretoria do Vasco. Toda a invasão foi filmada pelos próprios torcedores. Em nota oficial, o clube confirmou o ocorrido e revelou que os integrantes foram retirados de São Januário pelos seguranças, com o auxílio da Polícia Militar, sem registros de violência ou danos ao patrimônio do clube.

+ Germán Cano descarta problemas com Lisca e avalia trabalho do ex-treinador: ‘não conectamos bem com ele’

+ Germán Cano afirma que jejum de gols vai passar e despista sobre renovação com o Vasco: ‘cabeça está 100% no acesso’

Vale lembrar que no fim do mês passado, membros de torcidas organizadas estiveram no CT Moacyr Barbosa e em São Januário, para conversar com o elenco e comissão técnica, e com CEO Luiz Melo, respectivamente.

Posicionamento do Vasco sobre a invasão

O Vasco confirma que as imagens que estão circulando na internet, de integrantes de torcidas organizadas em São Januário, são desta sexta-feira (10/09).

Houve tentativa de invasão à sede do Clube através dos portões 9, 17 e entrada social.

A segurança conseguiu intervir em diversos pontos, no entanto, os torcedores acabaram conseguindo acessar as instalações internas através do restaurante. As circunstâncias de como se deu esse acesso irregular estão sendo apuradas pelo Clube.

Os torcedores já foram retirados das instalações do Clube pela intervenção da segurança, com o apoio da Polícia Militar. Não foram registrados atos de violência nem danos ao patrimônio de São Januário.

O Vasco lamenta o incidente. A administração sempre esteve aberta ao diálogo com todos os públicos relativos ao Clube, inclusive as torcidas organizadas, as quais foram recebidas diversas vezes para reuniões, tanto em São Januário quanto no CT Moacyr Barbosa.

O Vasco da Gama vai tomar as providências cabíveis para que cenas lamentáveis como essas não se repitam.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top