Atlético-GO

Já classificado e com time alternativo, Atlético-GO perde para o CRAC em jogo de oito gols no Goianão

Foto: Heber Gomes-ACG

Em partida válida pela última rodada da primeira fase do Campeonato Goiano, CRAC e Atlético-GO se enfrentaram na tarde desta quinta-feira (28), no estádio da Serrinha, e fizeram um jogo movimentado com oito gols. O time de Catalão surpreendeu o líder do Goianão e venceu por 5 a 3.

Primeiro tempo

Com um time alternativo mas com a primeira posição já garantida, o rubro-negro goiano entrou como grande favorito. Mas quem começou melhor foi o CRAC. Amorim, camisa 5 do Leão do Sul, abriu o placar de cabeça após cobrança de escanteio. O goleiro Leonardo, do Atlético, chegou a fazer a defesa, mas a bola já tinha entrado segundo a arbibragem.

Nilo, aos 33, deu uma bicicleta de fora da área, e por pouco a bola não entrou. Tocou caprichosamente na trave e saiu pela linha de fundo.

Somente após os 35 minutos o Atlético resolveu jogar. Vitor Leque aproveitou o rebote do cruzamento, e tocou na saída do goleiro, mas antes da bola entrar, Carlos Henrique empurrou de carrinho pra sacramentar o gol, e empatar a partida.

Pouco tempo depois, Rian Lopes cruzou e Rithely subiu alto para testar a bola pro gol. Virada do Dragão aos 42 minutos da primeira etapa. Atlético foi para o intervalo com vantagem.

Segundo tempo

Logo aos 4 minutos, o time de Catalão empatou a partida novamente. Em uma escapada pelo lado esquerdo, o goleiro Leo saiu mal e dividiu com jogador do CRAC, no rebote, Davi Ceará pegou de primeira e a bola passou embaixo do goleiro do Dragão e entrou lentamente no gol.

Aos 11 minutos, Rithely de novo. Vitor Leque fez boa jogada na entrada da área e rolou para o capitão do Atlético soltar a bomba e fazer um golaço. 3 a 2.

Aos 19, Carlos Henrique errou o domínio de um lançamento no campo de defesa, a bola sobrou para Henrique, que ficou de frente pra meta e não desperdiçou; 3 a 3.

Aos 21, Fidel saiu sozinho na cara do gol. Ao tentar driblar o goleiro Leo, foi derrubado, e o juiz marcou pênalti. Tiago Potiguar bateu firme e o jogo virou mais uma vez.

Após o quarto do gol do CRAC, o Dragão pareceu sentir o golpe. Não criou mais jogadas de perigo e ainda viu o Leão aumentar o placar. Alef, que tinha acabado de entrar, recebeu cruzamento rasteiro e fez o gol no seu primeiro toque na bola.

Mata-mata

Assim terminou a primeira fase do campeonato para as duas equipes. Com a vitória, o CRAC conseguiu se classificar para as quartas de final para enfrentar o Goianésia. O Atlético, que já estava classificado vai pegar o Anápolis. As quartas serão disputadas em jogo único, sendo mandante o time de melhor campanha na primeira fase.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top