Basquete

Jogadores dos Suns citam ‘dor inexplicável’, mas mostram otimismo com o futuro

Phoenix
Imagem: Phoenix Suns

Após começar vencendo a série por 2 x 0, o Phoenix Suns tomou a virada e perdeu grande chance de conquistar o que seria seu primeiro título da NBA. Porém, nada está perdido para a equipe, muito pelo contrário são jogadores jovens que nunca tinham chegado em uma final antes, e isso mostra um grande futuro para a franquia, que a muito tempo não tinha uma expectativa de melhora para sequer chegar aos Playoffs. O pivô do time, Deandre Ayton, comentou sobre o clima no vestiário e como essa derrota foi sentida.

Phoenix
Imagem: Phoenix Suns

— A emoção da equipe? De todo mundo está baixa. Mas, individualmente, isso é apenas o começo. Como um jovem jogador como eu e alguns dos caras da minha equipe, nós sabemos o que é preciso agora e isso é tudo que vou fazer, para ser honesto. Quero dizer, ninguém realmente esperava que nós mesmo, você sabe, que chegássemos aqui. Eu sei que as pessoas falam sobre ferimentos de outras equipes e coisas assim, mas no final do dia somos nós jogando bola e estou muito feliz como os caras que tiveram uma temporada maravilhosa tocando juntos para nos levar onde estamos hoje. Mas ao mesmo tempo que sentimos isso, deixa um pouco de gosto ruim na boca, mas no final do dia isso é apenas o começo, cara. Este é o meu terceiro ano e já estou sentindo, sabe? — afirmou Ayton.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Um dos jogadores mais experientes da equipe de Phoenix, Jae Crowder, afirmou que em algumas horas sentiu a equipe sendo prejudicada pela arbitragem. Mas declarou que respeita os Bucks pela sua força de reação, já que começaram as finais perdendo os dois primeiros jogos.

— …todo crédito para esses caras, eles jogaram bem as séries. Eles aguentaram firmemente quando estavam perdendo por 2 a 0. Eles bateram na boca da gente, e depois bateu de novo na boca no Jogo 5. Respeito a esses caras. Eu os respeito — disse o ala.

Está claro que todo o elenco do Phoenix sentiu muito a derrota, mas todos tocaram em um ponto importante, que o time é novo e agora possui experiência o suficiente para conseguir dar a volta por cima. Devin Booker, um dos principais nomes da equipe nessas finais, declarou estar sentindo uma dor que nunca tinha sentido antes, e que isso será seu “combustível” para a próxima temporada.

— Experiência é o melhor professor. Então, acho que em todos os nossos jogos dou o melhor e como eu disse, entendemos o quão importante cada posse de bola é agora. E esse sentimento, fico falando sobre e me machuca sabe, você não quer isso e é isso que vai fazer você se esforçar, é com isso que você vai para o verão, então pegue-o e use-o como combustível — encerrou Booker.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top