Cruzeiro

Depois do elenco profissional, jogadores do Cruzeiro Sub-20 também anunciam greve por salários atrasados

Cruzeiro Sub-20 Foto: Rodolfo Rodrigues/Cruzeiro
Foto: Rodolfo Rodrigues/Cruzeiro

O elenco profissional do Cruzeiro anunciou, nessa quarta-feira (13), que fariam greve em razão dos salários atrasados do clube. Mais tarde foi a vez dos atletas da base da Raposa se posicionarem. Não à toa, os jogadores do Sub-20 celeste também anunciaram greve. O comunicado foi feito em formato de carta aberta, a qual foi divulgada nas redes sociais dos cruzeirenses. 

O método foi o mesmo adotado pelo elenco principal, e a nota oficial foi bem parecida. Nos perfis de quase todos os jogadores que compõem o elenco Sub-20 da Raposa a publicação é visível.  

Em nota, os atletas afirmam que a atitude se faz necessária “pela absoluta ausência de uma efetiva resposta quanto ao pagamento dos salários atrasados”. O presidente do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues, que atualmente encontra-se fora do país para realizar palestras sobre gestão no futebol, ainda não se manifestou sobre o ocorrido. A assessoria do clube também não se pronunciou.   

Veja também: Presidente do Cruzeiro comenta críticas sobre viagem e declara: ‘Nosso plano é crescimento sustentável’

Confira a nota na íntegra: 

Carta à Nação Azul 

Nós, ATLETAS SUB-20 DO CRUZEIRO ESPORTE CLUBE, viemos por meio desta carta publicamente informar e esclarecer a todos e principalmente à Nação Cruzeirense, o que abaixo segue: Confessamos que é desgastante e angustiante escrever essa carta para alcançarmos direitos. 

Em razão das insustentáveis condições, não iremos nos calar. Por esse motivo, estamos aqui para dar voz principalmente aos funcionários que têm sofrido com a atual situação. Informamos que, diante dos reiterados atrasos salariais neste ano de 2021, onde chegou ao ponto insustentável de termos até 06 (seis) meses de atrasos, o que demonstra a precária situação financeira a que estão expostos todos os funcionários, que atualmente estão sendo socorridos pelo auxílio/ajuda financeira dos atletas profissionais para manutenção das necessidades básicas de sobrevivência. 

Salientamos que a delicada situação é praticamente impensável para um clube da grandeza e tradição do Cruzeiro Esporte Clube. Até o presente momento, atletas e funcionários do Cruzeiro Esporte Clube (Toca I e Toca II) estão com os salários atrasados. Entre o elenco profissional e funcionários com contrato de trabalho vigente há também pendências financeiras referentes ao ano de 2020. 

Informamos que a presente Carta se fez necessária pela absoluta ausência de uma efetiva resposta quanto ao pagamento dos salários atrasados. Ressaltamos que, apesar de todas as dificuldades financeiras impostas pela delicada situação, não faltou e nem faltará empenho para o cumprimento dos contratos de trabalho por atletas profissionais e funcionários, que jamais deixaram e/ou deixarão de honrar a tradicional Camisa deste gigantesco clube. 

Informamos à gestão do Cruzeiro Esporte Clube que estaremos aguardando o cumprimento das obrigações no prazo mais breve possível, sendo lamentável ver o sofrimento dos colaboradores que dedicam seus dias a manter essa centenária e vitoriosa instituição. Faremos a paralisação dos treinamentos em voz a todos os colaboradores que amam o Clube e estão desamparados. 

Infelizmente, ficou intolerável e injustificável a forma como atletas e funcionários estão sendo geridos. Não aceitaremos essa negligência que tem afetado famílias que dedicam seu tempo, seu suor, seu esforço para cuidar, zelar, servir essa instituição tão amada Cruzeiro Esporte Clube. 

Para saber tudo sobre o Cruzeiro, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top