Olimpíadas

Tóquio dia 11: Bronze de dupla feminina no tênis, pódio triplo jamaicano e Durant como novo cestinha Olímpico dos EUA

Resumo das Olimpíadas, dia 8: Bronze de dupla feminina no tênis, Pódio triplo Jamaicano e Duran é novo cestinha Olímpico dos EUA
Rafael Bello/COB

No oitavo dia oficial de competições dos Jogos Olímpicos de Tóquio, mas no 11º geral, o Brasil garantiu mais um resultado histórico, desta vez, no tênis. As tenistas Luisa Stefani e Laura Pigossi conquistaram a primeira medalha do Brasil na modalidade. A dupla feminina brasileira faturou o bronze, em uma vitória de virada diante das russas. No atletismo, Elaine Thompson-Herah bateu recorde olímpico nos 100m, conquistou o ouro e viu um pódio todo jamaicano no Japão.  

O time verde e amarelo avançou às finais com Thiago Braz, no salto com vara, Izabela da Silva, no lançamento de disco, e natação com Bruno Fratus, nos 50m livre. Na vela, Martine Grael e Kahena Kunze avançaram à Medal Race da classe 49er FX. Dentro das quatro linhas, a Seleção Olímpica venceu o Egito por 1 a 0, e seguiu para à semifinal.

+ Clique aqui para conferir a agenda completa de todas as modalidades

Confira o resumo do 8º dia oficial de competições dos Jogos Olímpicos de Tóquio:

Pigossi/Stefani levam o bronze histórico

Luisa Stefani e Laura Pigossi fizeram história e conquistaram a primeira medalha do Brasil no tênis em Jogos Olímpicos. Neste sábado, as brasileiras derrotaram Elena Vesnina e Veronika Kudermetova, do Comitê Olímpico Russo, na disputa pelo bronze das duplas femininas. O triunfo veio por 2 sets a 1. Elas garantem que o entrosamento e a superação a levaram ao bronze.

Pódio 100% Jamaicano nos 100m

Elaine Thompson-Herah é novamente a mulher mais rápida do mundo. Campeã da Rio 2016, a jamaicana de 29 anos voou na final dos 100m rasos das Olimpíadas de Tóquio. Com 10s61, a velocista quebrou o recorde olímpico e puxou um pódio 100% jamaicano. Shelly-Ann Fraser-Pryce foi prata, e Shericka Jackson bronze.

Brasileiros avançam às finais e semifinais no Atletismo

Thiago Braz avançou no salto com vara e Izabela Silva conseguiu vaga na final do lançamento de disco feminino. Nos 100m rasos, Paulo André confirmou a vaga na semifinal.

Na prova do salto com vara, Braz garantiu a vaga na final em sua segunda tentativa, após passar 5,75 metros de altura. No lançamento de disco feminino, se classificou no 12° lugar na classificação geral da categoria.  Já na disputa dos 100m rasos, Paulo André Camilo foi o terceiro colocado em sua sexta bateria das eliminatórias. Rodrigo Nascimento e Felipe Bardi não conseguiram avançar.

Os brasileiros Samory Fraga (grupo A) e Alexsandro Melo (grupo B) não se classificaram entre os três de cada grupo no salto em distância.

+ Suécia tem dobradinha em pódio de lançamento de disco masculino no atletismo

Bruno Fratus vai à sua terceira final olímpica

Vivendo uma boa fase, Bruno Fratus garantiu sua vaga na final dos 50 metros livre, na noite desta sexta-feira (30), pelo horário de Brasília.

O nadador brasileiro anotou o terceiro melhor tempo das semifinais, igualando com o grego Kristian Gkolomeev. Com a classificação, Fratus chega a sua terceira final consecutiva da prova em Olimpíadas. Clique aqui e confira tudo que rolou no penúltimo dia da natação em Tóquio.

Martine Grael e Kahena Kunze vão à final da 49er FX

Neste sábado (31), as brasileiras Martine Grael e Kahena Kunze competiram em três regatas e se classificaram na primeira posição para a etapa que determina as medalhas Vela ao acumularem 70 do geral. A segunda colocação ficou com as holandesas Annemiek Bekkering e Annette Duetz, com 71 pontos. Em terceiro, alemãs Tina Lutz e Susann Beucke, com 73.

+Com penteado do Avatar, holandês Kiran Badloe ganha ouro na RS:X masculino

Seleção brasileira olímpica segue para semifinal  

Na mistura entre Brasil com Egito no futebol masculino, a seleção canarinho se classificou para próxima fase dos Jogos Olímpicos de Tóquio. O gol da partida, que terminou 1 a 0, foi marcado por Matheus Cunha.
Clique aqui e veja como foi o duelo entre Brasil x Egito.

Agora o Brasil espera o vencedor do duelo entre México x Coreia do Sul, para descobrir seu próximo adversário na semifinal. A partida está marcada para próxima terça-feira (3), ás 5h (horário de Brasília).

Brasil assume a liderança do Grupo A do vôlei feminino

No dia do aniversário do técnico José Roberto Guimarães, a Seleção Brasileira feminina de vôlei presenteou seu treinador com a vitória sobre Sérvia por 3 sets a 1, neste sábado, nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Também pelo grupo A, a Coreia do Sul derrotou o Japão por 3 sets a 2 com parciais de 25/19, 19/25, 25/22, 15/25 e 16/14. Com o resultado, as sul-coreanas estão na terceira colocação no Grupo A do torneio feminino de vôlei. Clique aqui e confira o resumo dia do vôlei.

Já no vôlei de praia…Ana Patricia e Rebecca perderam mais uma

Na praia, Ana Patrícia e Rebecca foram derrotadas, pela segunda vez em Tóquio, mas garantiram a classificação para as oitavas de final do vôlei de praia feminino. A dupla verde e amarela perdeu para as americanas Claes e Sponcil por 2 sets a 1 (parciais de 21/17, 19/21 e 11/15).

Wanderson Oliveira vai às quartas do Boxe

Lutando pela categoria de até 63kg, o pugilista brasileiro Wanderson Oliveira derrotou o bielorrusso Dzmitry Asanau nas oitavas de final do boxe e avançou para a próxima fase do torneio. O triunfo do brasileiro foi concretizado pelo placar final de 3 a 2.

Handebol feminino do Brasil perde mais uma

A Seleção Brasileira feminina de handebol sofreu a segunda derrota consecutiva nos Jogos Olímpicos de Tóquio. O elenco verde e amarelo foi superado pela Suécia, pelo placar de 34 a 31 para as europeias, no Yoyogi National Stadium.

Pelo mesmo grupo do Brasil, a Hungria bateu a Espanha por 29 a 25, já a França foi derrotada pelo Comitê Olímpico Russo em um placar apertado de 27 a 28. Clique aqui e confira o resumo do dia do Handebol em Tóquio

Hipismo

A equipe brasileira formada por Marcelo Tosi, Rafael Losano e Carlos Parro tiveram pouco destaque nas sessões do Concurso Completo de Equitação (CCE) de Tóquio. Os britânicos estão dominando a modalidade, após três sessões. Na disputa individual destaque para o alemão Michael Jung com 21.10.

Brasil sai sem medalhas nas disputas por equipes do Judô

Na madrugada deste sábado (31), o Judô do Brasil estreou na competição por equipes direto nas quartas de final, mas acabou sendo superado pela Holanda e caiu para repescagem. Diante de Israel os judocas brasileiros não conseguiram avançar para briga pelo bronze e foram eliminados com o placar de 4 a 2. Maria Portela e Mayra Aguiar venceram as suas lutas, enquanto Eduardo Barbosa, Yudy Santos, Rafael Buzacarini e Larissa Pimenta foram derrotados pelos adversários.

Marcus D’Almeida para nas oitavas do Tiro com Arco

Marcus D’Almeida não conseguiu avançar às quartas de final no tiro com arco, pelos Jogos Olímpicos de Tóquio. O arqueiro brasileiro foi derrotado pelo italiano Mauro Nespoli por 6 a 0 e acabou eliminado nas oitavas de final da competição. Com isso, o atleta do Brasil fechou a competição em nono lugar.

A medalha de ouro ficou com o turco Mete Gazoz. Ele venceu o italiano Mauro Nespoli na final e garantiu a primeira medalha olímpica de seu país na modalidade. O japonês Furukawa Takaharu ficou com o bronze.

Yaras do rugby terminam em 11º lugar em Tóquio

Já a Seleção Brasileira feminina de rúgbi venceu sua primeira partida na competição diante do Japão por 21 a 12. Com o resultado, as Yaras do rugby sevens encerraram a participação nos Jogos de Tóquio em 11º lugar. 

Badminton: Wang Chi-Lin e Li Yan, do Taipei Chinês, ganham ouro em duplas masculinas

Na final do Badminton, nos Jogos Olímpicos de Tóquio, os representantes do Taipei chinês Wang Chi-Lin e Li Yan venceram Li Junhui e Liu Yuchen, da China, e foram ao topo do pódio. Com o resultado a dupla, garantiram o primeiro ouro do país na história olímpica da modalidade, iniciada em 1992. As parciais foram de 21/18, 21/12. O bronze foi para Aaron Chia e So Wui Ik da Malásia que venceu por 2 a 1 Mohammad Ahsan/Hendra Setiawan, da Indonésia, parciais de 17/21, 21/17 e 21/14.

Basquete

Na madrugada deste sábado (31), foram realizadas quatro partidas pela terceira rodada do torneio de Basquete nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Pelo grupo A os EUA não tiveram dificuldades para bater a República Tcheca por 119 a 84 e avançaram às quartas de final.

Na partida, o ala Kevin Durant ultrapassou os 336 pontos de Carmelo Anthony e se tornou o novo cestinha olímpico da equipe estadunidense em todos os Jogos Olímpicos.

Clique aqui e confira o resumo do dia do Basquete nas Olímpiadas

Esgrima

Na manhã deste sábado (31), o Comitê Olímpico Russo venceu a França com o placar de 45 a 41 na esgrima sabre, por equipes feminino, e ficou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Levantamento de Peso

Na categoria masculina 96kg, Ibhrahim Fares Elbakh, do Catar, garantiu a primeira medalha para o país em Tóquio e ainda alcançou recorde olímpico ao marcar um total de 402 pontos. Keydomar Vallenilla Sanchez, da Venezuela, ficou com a prata, e Anton Pliesnoi, da Geórgia, com o bronze.

Pela categoria 81kg, o chinês Lyu Xiaojun garantiu a medalha dourada nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Zacarias Bonnat Michel, República Dominicana, e Antonino Pizzolato, da Itália, completaram o pódio.



Veja como fica o quadro de medalhas após o 8º dia oficial dos Jogos Olímpicos de Tóquio

Resumo das Olimpíadas, dia 8: Bronze de dupla feminina no tênis, Pódio triplo Jamaicano e Duran é novo cestinha Olímpico dos EUA
Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top