Lutas

Jon Jones é afastado de equipe; técnico diz que lutador só volta se largar bebida

Reprodução/Instagram Oficial Jon Jones

Em meio ao turbilhão recente de polêmicas que surgiram com sua prisão, Jon Jones agora terá que adotar novos rumos na carreira. O lutador foi afastado da Jackson-Wink MMA, equipe onde treinou durante praticamente toda sua carreira e o tornou um dos maiores astros da história das lutas.

Quem anunciou a decisão foi um dos chefes da equipe, Mike Winkeljohn, ao programa The MMAHour. O treinador declarou que não irá proibir que membros do time treinem com ‘Bones’, mas que este só poderá fazer parte da academia em si se decidir deixar de lado a bebida.

– Eu tive uma conversa com Jon. E eu falei com ele: ‘Cara, você é meu irmão. Você tem que parar de beber e resolver o que tiver que resolver por um tempo até que você possa voltar à academia’. Então, neste momento, ele está fora – declarou Winkeljohn.

Recentemente, Jon Jones foi preso acusado de agredir a noiva e tentar atacar um carro da polícia de Las Vegas. Já solto, o atleta deu declarações afirmando que quer ‘dar a volta por cima’, mas o seu futuro ficou bastante complicado com o problema.

– Jon não poderá entrar na academia. Tive que tomar essa decisão porque ignorar isso e esperar que algo mude, como dizem, é loucura. Ele tem muitos ‘puxa-sacos’ em sua volta e eles nunca lhe dizem a verdade. Ele pode me detestar, mas eu sempre falo a ele a verdade – afirmou o treinador.

Jones se posiciona sobre afastamento nas redes sociais: “Coração em pedaços”

E o ex-campeão dos meio-pesados do UFC logo se pronunciou sobre o assunto. Em postagem (depois deletada) no Twitter, ‘Bones’ afirmou estar com o ‘coração em pedaços’ pela decisão de sua equipe do afastar das atividades para que possa cuidar dos problemas pessoais aos quais está envolvido.

– Tive uma conversa com meu treinador que deixou meu coração despedaçado. Dói muito perder o apoio de alguém que sempre respeitei. Estou fazendo um sincero agradecimento aos meus treinadores que decidiram ficar do meu lado nesta luta. A jornada continua – declarou o lutador.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top