Atlético-GO

Jorginho confirma titulares poupados contra o Grêmio Anápolis, mas evita falar em time alternativo: ‘um time em que todos podem ser titulares’

Foto: Reprodução/Atlético Goianiense

Após o empate por 0x0 contra o Goiás, e a confirmação da vaga na semifinal do Campeonato Goiano, o técnico Jorginho deu entrevista coletiva. Confira alguns trechos:

Titulares poupados no jogo de ida da semifinal

“Tivemos uma reunião para a tomada de decisão com o presidente, a fisioterapia e a parte medica. O ideal hoje (domingo) era terminar com a equipe que iniciou o jogo. Daqui (domingo) para terça, um jogador que joga 20 ou 30 minutos, ele com certeza vai estar cansado. Esse era o objetivo, mas acabamos tendo a necessidade de troca, a questão do cartão, um jogador ou outro que acabou cansando pelo desgaste normal do jogo. A equipe está muito bem fisicamente, mas com essa batida forte de vários jogos não é fácil. Temos que saber realmente quem colocar no jogo, é o que vamos fazer. No próximo jogo serão jogadores que podem ser titulares, mas é difícil essa equipe que jogou agora jogar 48 horas depois.”

Atlético-GO administra vantagem, empata sem gols com o Goiás e se classifica para a semifinal do Goianão

Invencibilidade na temporada e boa fase do sistema defensivo

“Não tenha dúvida que é um ponto forte da nossa equipe. A marcação começa com nossos atacantes, uma marcação em linha alta, é difícil chegarem na nossa área. Hoje tivemos algumas situações que não são normais na nossa equipe, alguns cruzamentos perigosos. As melhores oportunidades deles foram de cruzamento na área. Precisamos diminuir o espaço desse homem da bola, principalmente pelas laterais. Mas a equipe se saiu muito bem, não podíamos tomar gol, e sabíamos que com a equipe deles se expondo a gente tinha grandes possibilidades de fazer gol, infelizmente não aconteceu, acredito que pelo desgaste. Chegamos à conclusão de descansar esses jogadores e jogar com time que não é alternativo, e sim um time que todos podem ser titulares.”

Partida do Goiás e duelo com Grêmio Anápolis

“O Pintado é um cara muito experiente, um campeão como jogador, e vem conquistando cada vez mais seu espaço. Ele subiu com o Juventude, e leva essa proposta pra o Goiás, com jogadores jovens. Já foi um jogo mais difícil, ele é um cara muito vibrante, a equipe do deles entrou ligada atenta o tempo todo. Tivemos chances mas foi difícil, não tivemos brechas táticas. No campo deles era quase marcação homem a homem. Se a gente girasse a bola mais rápido, como normalmente fazemos, teríamos surpreendido eles, já tiveram um posicionamento muito bem definido e melhor que no outro jogo.”

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top