Conmebol Libertadores

Jornal argentino diz que Santos se tornou pesadelo do Boca

Santos
(Foto: Ivan Storti/Santos FC)

O Santos venceu Boca Júniors por 1 a 0 nesta terça-feira (11). Na estreia de Fernando Diniz, o Peixe não teve mais posse de bola, mas foi efetivo. O único gol da partida foi marcado por Felipe Jonatan. Após a derrota, o tradicionalíssimo jornal “Olé” publicou o texto “Boca e a Libertadores: Santos e seus demônios”, onde o autor fala que o Peixe se tornou pesadelo dos argentinos.

“É a escuridão. A esta altura, o Santos se tornou o pesadelo deste Boca, outra vez pegou duramente. Outra vez sacudiu forte e outra vez o colocou na lona“, diz o texto.

A notícia diz também que o Boca caiu aos poucos para o Santos. “O Boca foi derrubado aos poucos no Brasil. E foi isto que chamou atenção. Porque o começo havia sido animador. A equipe se postou bem na Vila Belmiro. Com outra atitude, com outro espírito, sem ser passiva como foi contra o Barcelona em Guayaquil, e até com o mesmo rival na semifinal passada. Isto surpreendeu inclusive o Santos, que nos primeiros 30 minutos se sentiu dominado e aceitou esta condição” é dito no texto do Diário Olé.

Com os resultados da quarta rodada, o Grupo C ficou embolado. O Peixe chegou à segunda colocação, com os mesmos seis pontos do Boca, e três atrás do líder Barcelona, que tem nove. O Santos só volta a jogar na próxima terça-feira (18), quando enfrentará o The Strongest, fora de casa, às 19h15.

Quer saber mais sobre o Santos? Siga o Esporte News Mundo pelo TwitterFacebook Instagram.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top