Esportes olímpicos

Judô: Maria Portela é eliminada após punição polêmica no golden score das Olimpíadas

Judô: Maria Portela é eliminada após punição polêmica no golden score
Gaspar Nóbrega/COB

No quarto dia das disputas olímpicas do judô, o Brasil foi representado no tatame da Nippon Budokan pelos meios pesados Maria Portela (70kg) e Rafael Macedo (90Kg). No feminino, Portela teve um início arrasador sobre Nigara Shaheen (EOR) e aplicou um ippon nos primeiros segundos, mas foi eliminada em um duelo marcado por polêmicas nas oitavas. Já Macedo parou no ippon de sIslam Bozbayev, do Cazaquistão, em apenas 30 segundos de luta, e se despediu dos Jogos logo na primeira luta.

+ Ao vivo: confira tudo sobre as Olimpíadas no ENM

Em sua terceira Olimpíada, Maria Portela entrou em ação diante da afegã Nigara Shaheen, da Comissão de Atletas refugiados, e venceu por ippon em 28 segundos de luta, na Nippon Budokan.

Pelas oitavas, a brasileira pegou a russa Madina Taimazova em uma luta muito acirrada e equilibrada, que foi definida em um Golden Score com mais de dez minutos de duração. No tatame, a brasileira tentou aplicar um waza-ari, no minuto final do tempo normal, porém os juízes paralisam a luta e a batalha seguiu para a prorrogação.

O duelo seguiu intenso, com dois shidos para ambos os lados. O VAR entrou em ação e não pontuou um waz-ari para a atleta do Brasil. A luta seguiu em ritmo pesado, e as judocas começaram a demonstrar cansaço, mas seguiram pressionando as entradas em busca do ponto da vitória. A batalha foi encerrada com uma terceira punição, polêmica, contra Maria Portela, e consequentemente levou a sua eliminação.

+Dias e horários dos jogos e competições das Olimpíadas de Tóquio

A brasileira retorna ao tatame na disputa por equipes mistas, no dia 31 de Julho. Cabeça de chave número 3 – atrás de Japão e França – o Brasil saiu de bye na primeira rodada e estreará contra o vencedor do duelo entre Holanda x Uzbequistão.

Principais Títulos de Maria Portela

– Prata  no Grand Slam de Ecaterimburgo 2019

– Prata no Campeonato Pan-Americano 2019

– Bronze no Grand Slam de Brasília 2019

– Ouro no Grand Slam de Ecaterimburgo 2018

– Ouro no World Masters St Petersburgo 2017

– Prata Mundial Por Equipes Mistas Budapeste 2017

– Prata no Grand Slam Baku 2016

– Bronze no Grand Slam Tóquio 2015

– Ouro no Grand Slam de Moscou 2012

– Ouro (individual e equipe) no Mundial Militar 2013

– Ouro no Campeonato Pan-Americano 2012

– Bronze nos Jogos Pan-Americanos Toronto 2015 e Guadalajara 2011

– Ouro (individual e equipe) nos Jogos Mundiais Militares 2011


Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top