Campeonato Gaúcho

Juventude empata com Esportivo e segue fora da zona de classificação para as semifinais do Campeonato Gaúcho

Fernando Alves/Juventude

Juventude e Esportivo entraram em campo na noite desta segunda-feira. (19) no estádio Montanha dos Vinhedos, em Bento Gonçalves, pela décima rodada do campeonato Gaúcho. E ficaram na igualdade no placar de 2 a 2, os gols da partida foram marcados por Matheus Peixoto e Guilherme Castilho para o Juventude, Júnior Alves e Juninho Tardelli para Esportivo.

Os dois times chegaram para o duelo sem vencerem seus últimos jogos e na busca da vitória para se manter na briga para se classificar para próxima fase da competição. O juventude deve voltar a campo no próximo sábado contra Brasil de Pelotas, em casa, para tentar entrar no G-4.

PRIMEIRO TEMPO AGITADO

O primeiro tempo da partida foi agitado. Logo aos dois minutos de jogo, Júnior Alves aproveitou rebote de Marcelo Carné após cobrança de falta e abriu o placar para o Esportivo, mas ao 13 minutos Guilherme Castilho deixou tudo igual, após ao belo cruzamento Marcos Vinicios e empatou de cabeça para o Juventude.

Mas o Juventude não teve muito tempo para comemorar, pouco tempo depois, Lucas Hulk dividiu com os dois jogadores do Ju na área e o árbitro da partida Lucas Horn marcou pênalti, Juninho Tardelli não desperdiçou. O jogo seguiu quente com várias oportunidades, equilibrado para as duas equipes. Até que, aos 34 minutos, também de pênalti  Matheus Peixoto deixou tudo igual novamente.

SEGUNDO TEMPO AINDA MAIS MOVIMENTADO

Se o primeiro tempo da partida foi muito agitado, a etapa final não foi diferente. O Juventude foi para cima do Esportivo e aos oito minutos, em cabeçada para fora de Cleberson quase marcou. Três minutos depois, Wescley marcou um golaço, mas a arbitragem apontou impedimento na origem do lance. O Ju ate tentava furar a defesa adversária mas só assustou novamente aos 41, em um belo chute de Wescley que tirou tinta da trave. Já nos acréscimos, Warlei recebeu na cara de Marcelo Carné e o goleiro do papo defendeu e assim, segurou o empate.

PARTIDA COM MUITAS POLÊMICAS

A partida entre Juventude e Esportivo, foi marcado por polêmicas envolvendo a arbitragem. Apesar dos muitos gols, todos no primeiro tempo, as polêmicas de arbitragem marcaram três lances que definiram o placar. Arbitragem ficou por conta de Lucas Horn, em lances de muitas dúvidas toque no braço de Júnior Alves no primeiro gol do Esportivo, pênalti inexistente em Lucas Hulk no segundo gol e terceiro gol da equipe da Serra mal anulado, segundo analise do comentarista de arbitragem do Grupo Globo Paulo Cesar de Oliveira. Com empate desta segunda-feira, chega aos 14 pontos pontos, um a menos que Ypiranga e Caxias, terceiro e quarto colocados

Para saber tudo do Campeonato Gaúcho, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook. E se inscreva no nosso YouTube!

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top