Basquete

Kenny Atkinson recua e não será mais o técnico do Charlotte Hornets

Kenny Atkinson
Divulgação/NBA

Kenny Atkinson não será mais o técnico do Charlotte Hornets segundo informações de fontes ligadas a Adrian Wojnarowski, insider da ESPN. Após ter superado Mike D’antoni no processo de seleção dos Hornets após a demissão de James Borrego, Atkinson chegou a acordar verbalmente com um contrato de quatro anos enquanto ainda estava na corrida dos playoffs como assistente técnico do Golden State Warriors.

Para saber mais informações sobre a NBA, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebookInstagram e Youtube

A decisão de voltar atrás quanto a proposta da equipe de Michael Jordan veio após o título dos Warriors em cima do Boston Celtics na última quarta-feira. Com Mike Brown saindo dos Warriors para comandar o Sacramento Kings, Atkinson viu a oportunidade de se tornar o assistente técnico principal da equipe de Steve Kerr, e acredita que a sua decisão de ficar na Califórnia é a melhor tanto profissionalmente quanto pessoalmente, segundo as fontes.

Atkinson já teve a oportunidade de treinar uma equipe da NBA. Após quatro anos no Brooklyn Nets, Kenny foi demitido em 2020 após ter ficado de fora dos playoffs em suas duas primeiras temporadas e ser eliminado na primeira fase nas últimas duas, pelos os Sixers em 18-19 e pelos Raptors em 19-20, mesmo mostrando evolução no reconstrução do elenco. Logo em seguida, foi para Los Angeles, já com o cargo de Assistente Técnico, trabalhar ao lado de Ty Lue nos Clippers. Com o ótimo trabalho no desenvolvimento dos atletas, chamou a atenção dos Warriors e foi contratado pela equipe de San Francisco para fazer parte da comissão técnica de Steve Kerr. Desde 2008 trabalhando na comissão técnica das equipes da NBA, Kenny também teve passagens pelo New York Knicks e pelo Atlanta Hawks no início da carreira ao lado da quadra.

O Charlotte Hornets agora enfrenta um grande problema para a temporada. A apenas cinco dias do Draft de 2022, a equipe da Carolina do Norte precisa encontrar um técnico para planejar e comandar a equipe, que conta com bon elenco jovem como LaMelo Ball, Miles Bridges e PJ Washington, na temporada 22-23. Os outros dois finalistas para a vaga que Kenny recuou, Mike D’Antoni e Terry Stotts, devem ser os principais nomes nessa volta ao mercado do Charlotte Hornets.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top