Futebol Internacional

Celta de Vigo joga no contra-ataque, vira e vence o Barcelona dentro do Camp Nou

La Liga: Celta de Vigo joga no contra-ataque, vira e vence o Barcelona dentro do Camp Nou
Pressinphoto via Imago Images

O Barcelona foi superado pelo Celta de Vigo por 2 a 1, de virada, neste domingo, no Camp Nou. Pela 37ª rodada do Campeonato Espanhol, a equipe catalã abriu o placar com Messi, e viu o adversário anotar dois gols, no contra-ataque com Santi Mina. Com a derrota e a vitória dos rivais de Madri, os culés perderam a chance de brigar pelo título na última rodada da competição.

+ Notícias Futebol Internacional

Os 45 minutos inicias foram de muito domínio de bola do Barcelona, com várias finalizações, mas sem muitas oportunidades claras para balançar as redes. O gol da equipe catalã surgiu de um lançamento preciso de Busquets que encontrou Messi sozinho dentro da área para finalizar de cabeça. O Celta de Vigo que até então parecia assistir os comandados de Ronald Koeman, em campo, conseguiu achar um gol em um único contra-ataque com Santi Mina, aos 37 minutos do jogo.    

Na etapa final, nos primeiros 15 minutos a partida foi sem grandes movimentações de ambos os lados.  O Barcelona teve algumas oportunidades claras de marcar o segundo gol, mas após a expulsão de Lenglet ficou desfigurado e o Celta de Vigo aproveitou e virou a partida com Santi Mina, o melhor em campo.

Com o resultado, o time comandado por Ronald Koeman manteve os 76 pontos na tabela, atrás de Real Madrid (81) e o líder Atlético de Madrid (83). Apesar da vitória o Celta de Vigo é o oitavo colocado com 53 pontos, e não tem a mais possibilidade de passar o Bétis, com 58 pontos, e conquistar a vaga na Liga Conferência, torneio criado pela Uefa para a próxima temporada.

Na próxima rodada do Campeonato Espanhol, o Barcelona vai até a província de  Guipúscoa para enfrentar o Eibar, no domingo (23), às 13h (de Brasília). No mesmo dia e horário, o Celta de Vigo recebe o Betis.

O jogo

No início da partida, o Barcelona estava mais vivo em campo e criou mais oportunidades de gol. O primeiro lance de perigo foi aos seis minutos. Após uma cobrança de escanteio, Pedri dominou e chutou a bola que saiu rente a trave.

Minutos depois, Dembélé tirou proveito de um erro da marcação e tocou a bola para Messi dominar e chutar, mas o tiro foi interceptado pela defesa. O barça seguiu pressionando o Celta de Vigo, e em uma jogada de Messi para Griezmann, o francês mandou uma bomba que parou nas mãos do goleiro Villar.

A partida seguiu movimentada e o time de Ronald Koeman criou boas chances à gol. Dembélé sozinho entrou na área dos celestes e chutou uma bola que saiu por cima goleiro. Depois, Messi também teve mais duas boas chances de marcar, a primeira aos 15 minutos e outra aos 18.

Com 70% de controle do jogo, só o Barça conseguiu marcar aos 26 minutos com o Messi, em um cruzamento de Busquets. Sozinho dentro da área, o argentino cabeceou a bola para o fundo das redes do Celta de Vigo.

O jogo seguiu, e aos 37 minutos, o Celta de Vigo conseguiu avançar na área do adversário, no contra-ataque, e Santi Mina conseguiu driblar a marcação de Piqué e chutar de primeira para dentro do gol de Ter Stegen.  

Após o gol, os donos da casa que até então tinham o controle da partida sentiram e viu os visitantes controlarem melhor as jogadas, até o encerramento da primeira etapa.

Na volta do intervalo, o jogo seguiu equilibrado para ambos os lados. O Barcelona foi construindo mais jogadas e criando boas oportunidades. Aos 15 minutos, após o escanteio Piqué cabeceia e Ronald Araújo finaliza por cima do gol.

Depois, mais uma oportunidade para o Barça dentro da área, com Dembélé, o lateral ajeita e chuta forte, mas o goleiro Villar espalma para longe.

O Celta de Vigo tentou reverter o placar no contra-ataque, ao 25, com Denis Suárez que bate rasteiro, mas Ter Stegen faz a intercepção.

Com 30 minutos de jogo, Messi foi para cima, invadiu a área do adversário, conseguiu passar por três marcadores para chutar. A bola passa rende a trave, sem desvio, para linha de fundo.

Nos 40 minutos, o Celta perdeu uma boa oportunidade no contra-ataque com Solari, e Ter Stegen fez a defesa. Depois, do lado do Barça, Braithwaite bate sem jeito, sozinho, cara a cara com o goleiro, manda a bola para fora.

Nos minutos finais, o nervosismo tomou conta da partida, e em um cruzamento dentro da área do Barcelona, Santi Mina livre da marcação aproveita a sobra e manda a bola para o fundo das redes.  

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.



Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top