Flamengo

Landim diz que permanece no Flamengo e acumularia presidência no clube com conselho da Petrobras: ‘É conciliável’

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Rodolfo Landim afirmou que caso seja eleito para o conselho de administração da Petrobras, não deixará de ser presidente do Flamengo e acumulará as duas funções. A declaração foi feita em entrevista a jornalistas na sede da CBF, no evento de posse do novo presidente da entidade, Ednaldo Rodrigues, na tarde desta quarta-feira (23). O mandatário rubro-negro disse que é possível conciliar as duas funções:

“É conciliável [com a presidência do Flamengo]. Eu jamais deixaria que meu nome tivesse sido indicado para algo que eu não pudesse conciliar com o Flamengo. Inclusive, eu já dei entrevista, para o Mauro Cezar, explicando que eu jamais colocaria em grau de prioridade inferior o compromisso que eu assumi com a torcida e os sócios do Flamengo. Eu vou dedicar meu tempo ao Flamengo pelos próximos três anos, se saúde tiver.”

+ Palmeiras desiste da contratação de Pedro: “Essa conversa está encerrada”

+ Gabigol e Nunes são homenageados na Calçada da Fama do Maracanã

Rodolfo Landim é um dos indicados pelo governo federal para a presidência do conselho de administração da Petrobras. O anúncio foi feito no início do mês, em 5 de março, por meio de fato relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) pela estatal. A lista continha oito nomes indicados, com o do mandatário do Flamengo vindo no topo.

Landim entrou na Petrobras em 1980 e trabalhou na estatal por 26 anos, onde ocupou diversas funções. Ele saiu em 2006 e seguiu em outras empresas dos ramos de petróleo e mineração. Após se tornar presidente do Flamengo em 2019, o mandatário conseguiu a reeleição no final de 2021 e comanda o clube no triênio de 2022-24.

Siga o Esporte News Mundo no InstagramTwitterFacebook e Youtube.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top