Internacional

Leandro Fernández é regularizado no BID e poderá estrear contra o Ceará

Ricardo Duarte/Internacional
— Continua depois da publicidade —

Última contratação realizada pelo Internacional, o atacante Leandro Fernández foi, nesta terça-feira (8), regularizado no Boletim Informativo Diário, da CBF. Agora com contrato vigente no BID, o argentino estará à disposição, de Eduardo Coudet, para o confronto diante do Ceará, na próxima quinta-feira.

Com características que agradam a Eduardo Coudet, Leandro Fernández será, provavelmente, opção no banco de reservas. Como foi contratado a menos de uma semana, a preparação física do atacante ainda não é a ideal. Todavia, assim como ocorreu com Abel Hernández, é possível imaginar Fernández estreando, no gramado do Beira-Rio, durante o segundo tempo, contra o Ceará.

É importante lembrar que Leandro Fernández não atua, oficialmente, desde antes da paralisação por causa da Covid-19, quando ainda estava no Independiente. Por causa disso, sua utilização, no Inter, será feita de maneira lenta e gradual, respeitando o condicionamento físico do argentino.

No aguardo de sua estreia, o atacante já se mostrou animado, em entrevista coletiva, sobre a chance de jogar no Internacional. “Quero entrar em campo pois essa é uma linda oportunidade”, disse Leandro Fernández. Anteriormente, aliás, o argentino já havia revelado conversas com Eduardo Coudet e falado sobre como imagina que, suas características, se encaixarão no time colorado.

Leandro Fernández chegou ao Inter para suprir a carência de atacantes que o clube tinha. Sem Paolo Guerrero, que rompeu o ligamento do joelho, até janeiro, e sem Yuri Alberto, com lesão muscular, o colorado buscava alternativas, no mercado de transferências, e encontrou, em Fernández, uma oportunidade. Além disso, sua regularização, deve resultar na liberação de William Pottker para o futebol turco.

Para saber tudo do Internacional, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo