Automobilismo

Leclerc e Sainz ficam ‘mais que frustrados’ após falha dupla em Baku

A Ferrari chegou ao Azerbaijão na expectativa de se recuperar na briga pelos títulos da Fórmula 1, mas viu Leclerc e Sainz abandonando a prova em Baku.

Foto: Divulgação / Scuderia Ferrari

A temporada de 2022 começou com as duas Red Bulls tendo falhas e não terminando a corrida no Bahrein. Agora, no oitavo GP do ano da Fórmula 1, as Ferraris também sofrem com seus carros. Os dois pilotos da escuderia italiana tiveram problemas na corrida deste domingo, 12, no Azerbaijão.

(Divulgação / Scuderia Ferrari)
Ferrari foi embora mais cedo do Azerbaijão após falha nos dois carros (Divulgação / Scuderia Ferrari)

A primeira falha da prova foi de Carlos Sainz. Logo na nona volta da corrida, o carro do espanhol teve problemas hidráulicos e Sainz teve que abandonar. O número 55 do grid vem sofrendo na atual temporada tanto com seu desempenho quanto com falhas do carro:

— Estávamos ansiosos em atacar depois de nove voltas cuidando dos pneus, tentando ter uma boa duração nesses pneus, mas a hidráulica se foi. E foi isso. É ainda mais frustrante também ver o Charles [Leclerc] não terminando, tendo outro problema. Com certeza é um dia duro para a Ferrari, para todos nós. Mas somos um time, nós passamos por momentos diferentes no ano, e esse provavelmente é um dos mais difíceis e frustrantes. Mas vamos tentar nos recuperar.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

— Mais que confiabilidade, é difícil ter momentum, ter duas corridas limpas em sequência e esse ano está impossível. Além disso a falha vem logo na volta 9, quando eu ainda estou tentando ter algumas voltas, conhecimento do carro. É muito difícil. Até agora, a temporada 2022 decidiu ir por esse caminho para mim. É frustrante, extremamente frustrante. Temos que nos recuperar, ser pacientes e ficarmos positivos com o futuro.

(Divulgação / F1)
Sainz teve falhas logo no começo da corrida no Azerbaijão (Divulgação / F1)

Enquanto a falha de Sainz colocava mais obstáculos para a Ferrari no Campeonato de Construtores, Leclerc liderava a prova até que teve falhas na volta 19. O monegasco liderava a prova sobre as duas Red Bulls e se recuperava na briga pelo título da Fórmula 1 em 2022:

— É mais que frustrante. Na primeira parte da prova estávamos fortes, no fim do período com os pneus médios eu estava alcançando Checo (Sergio Perez) e então teve o Safety Car Virtual, e decidimos aproveitar isso para fazer o pit, e acho que foi a escolha certa.

— Na liderança, estava cuidando bem dos pneus, a gente só precisava cuidar dos pneus até o fim, e acho que estávamos na melhor posição possível para fazer isso. E não terminar, machuca. É mais do que importante. Na verdade, não tenho palavras, honestamente. Acabei de vir do carro pra cá, e é uma decepção gigantesca, só espero que possamos nos recuperar disso.

(Divulgação / F1
Leclerc teve problemas com o carro na volta 19 em Baku (Divulgação / F1

Com a dobradinha da Red Bull em Azerbaijão, a disputa no Campeonato de Pilotos e no Campeonato de Construtores começa a despontar para a equipe austríaca. Entre as equipes, a Red Bull abriu 80 pontos sobre a Ferrari, que não pontuou em Baku. Já entre os pilotos, Verstappen chegou aos 150 pontos, enquanto Perez ultrapassou Leclerc, chegou aos 129 pontos, e tem vantagem de 13 sobre o monegasco.

A próxima chance de Leclerc e Sainz se recuperarem na atual tempora da F1 será no Canadá. O fim de semana começa com os treinos livres da sexta-feira, 17 de junho, a partir das 15h, horário de Brasília. A classificação é no sábado, 18, às 17h. Já a largada está marcada para as 15h do domingo, 19.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top