Futebol Internacional

Lewandowski volta a criticar saída de Paulo Sousa: ‘Fiquei incrédulo e desapontado’

FOTO: DIVULGAÇÃO / BAYERN DE MUNIQUE

Principal jogador da seleção polonesa, o atacante Robert Lewandowski voltou a criticar o técnico português Paulo Sousa, que deixou a Polônia para acertar com o Flamengo. A saída do treinador num período decisivo por uma vaga na Copa do Mundo do Catar, deixou todos os poloneses desapontados e isso não foi diferente com Lewandowski.

Em entrevista ao canal de streaming Viaplay, o atacante novamente garantiu ter ficado surpreso com a escolha de Paulo Sousa. Além disso, Lewandowski contou como soube da saída do treinador e garantiu nem ter conversado com o português sobre o assunto.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

— Para mim foi um choque, fiquei incrédulo e desapontado. Pensei se era realmente verdade. Não sabia de nada, não fui avisado e não nos falamos. Eu só soube quando cheguei a Dubai e recebi diversas mensagens de familiares e amigos. Pensei que eram apenas rumores da imprensa, mas realmente aconteceu — explicou Lewandowski, dizendo que não chegou a ligar para Paulo Sousa.

— Como estava em Dubai, não senti necessidade de ligar pra ele. De resto foi uma decisão dele, não minha. O modo como aconteceu é que deixa muito a desejar. Essa é provavelmente a pior parte de toda a situação — completou Lewandowski.

A Polônia ainda não está garantida na Copa do Mundo do Catar e, para isso, terá que passar por uma repescagem. No dia 24 de março, os poloneses vão encarar a Rússia, fora de casa, e precisam vencer para chegar ao jogo decisivo, que será contra Suécia ou República Tcheca. Até lá, um novo treinador deve ser anunciado e Lewandowski está confiante.

— O presidente da federação sabe qual o melhor treinador para a nossa equipe. Talvez esta situação de saída nos dê um impulso para podermos jogar ainda melhor durante a repescagem — explicou Lewandowski.

Paulo Sousa estava pela primeira vez no comando de uma seleção profissional e já havia comandado a Polônia em 15 jogos, conquistando seis vitórias ao todo. Acertado com o Flamengo, o português vai agora comandar a sua primeira equipe no futebol brasileiro.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top