Automobilismo

Leclerc surpreende, Ocon prejudica o grid e Hamilton faz a 95ª pole da carreira

Reprodução: Twitter/ Mercedes-AMG F1
— Continua depois da publicidade —

O hexacampeão mundial Lewis Hamilton cravou a pole position no estreante GP da Toscana, na manhã deste sábado (12/09). O britânico levou vantagem, já que Esteban Ocon rodou durante a sua volta e causou uma bandeira amarela no primeiro setor, com pouco tempo no cronômetro. Assim, os pilotos que não haviam passado o local do acidente até a hora do mesmo, não conseguiram fazer uma boa volta. Valtteri Bottas foi o segundo e Max Verstappen, o terceiro.

Do céu ao inferno

Pierre Gasly, da Alpha Tauri, foi eliminado no Q1 do GP da Toscana, após vencer a corrida em Monza semana passada. As duas Williams ameaçaram passar para o Q2, porém ficaram para trás quando o cronometro já estava zerado. Sebastian Vettel passou para a próxima etapa no limite, na 15° colocação, no fim de semana em que a Ferrari completa 1000 GPs.

Decepção da McLaren

A equipe que brigou pela vitória no GP da Itália, a McLaren não teve um bom rendimento em Mugello. Lando Norris não conseguiu passar para o Q3 e Carlos Sainz vai largar na nona posição. Porém, Norris poderá escolher qual pneu deseja começar a corrida, tendo vantagem na estratégia. O jovem britânico também vai largar em 10°, já que Sergio Pérez vai perder uma posição por uma colisão no FP2.

Leclerc “salva” a Ferrari

Sebastian Vettel não conseguiu passar para o Q3 na casa da Scuderia do Cavalo Rampante. Contudo, Charles Leclerc evitou a total humilhação da equipe vermelha. O jovem piloto monegasco tem um ótimo ritmo de classificação e vai largar na quinta posição, atrás apenas das Mercedes e Red Bulls.

Confira o grid de largada para o GP da Toscana

Reprodução: Twitter/ Fórmula 1

As luzes se apagam para o GP da Toscana este domingo (12/09), às 10:10 da manhã.

Siga os perfis do Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo