Lutas

Derrick Lewis rebate críticas sobre golpes pós-nocaute em Blaydes

Derrick Lewis UFC Vegas 20
Divulgação/Twitter Oficial UFC

Derrick Lewis conseguiu mais uma vitória no UFC ao derrotar no último sábado Curtis Blaydes por nocaute. Mas nem mesmo a vitória escapou de um aspecto criticado por golpes a mais após derrubar o rival.

Na sequência final que deu ao ‘Black Beast’ a vitória, Lewis chegou a dar dois socos com Blaydes no chão e aparentemente sem reação antes do árbitro Herb Dean interromper a luta, posteriormente até mesmo trocando farpas com a equipe de ‘Razor’. Na coletiva, Lewis rebateu qualquer crítica pela atitude.

– Isso é besteira. Eu estava dizendo a eles (corner de Blaydes) que não era minha culpa, era do Herb Dean. Eu irei continuar lutando até que o árbitro apareça na minha frente. É com todo mundo e isso poderia acontecer comigo também. Irei continuar lutando até que o árbitro me mande parar – declarou.

Sequências de socos com o adversário já se mostrando sem reação são comuns no MMA e geram várias vezes críticas tanto pelas atitudes do árbitro de não encerrar a luta naquele momento como do vencedor por se aproveitar da falta de resposta do rival para impor mais golpes. E Lewis seguiu defendendo sua atitude no final da luta do fim de semana.

– Tem gente que consegue se segurar, mas eu não. Tenho que esperar o árbitro me tirar dali porque você nunca sabe o que acontecerá. Ninguém sabe. Ele poderia reagir e aguentar todos aqueles socos. Você tem que continuar lutando até o árbitro parar – justificou o ‘Black Beast’.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top