Futebol Internacional

Lille vence Angers e conquista seu quarto título da Ligue 1

JB Autissier/Panoramic via Imago Images

Dez anos depois do terceiro título do Campeonato Francês, o Lille voltou a conquistar a Ligue 1. Neste domingo (dia 23), a equipe comandada por Christophe Galtier visitou o Angers e venceu por 2 a 1 na última rodada da competição. O time precisava ganhar a partida para levantar a taça, já que o PSG estava apenas um ponto atrás e também somou três pontos hoje, no duelo contra o Stade Brestois.

O Lille somou 83 pontos em 38 jogos e teve uma campanha de 24 vitórias, 11 empates e 3 derrotas. Jonathan David e Burak Yilmaz comandaram o quarto melhor ataque da Ligue 1 com 64 gols. A defesa do Lille – melhor do campeonato com apenas 23 gols sofridos – foi responsável direta pelo desempenho e pelo título. Liderada pelo experiente português José Fonte e pelo goleiro Mike Maignan, a equipe não tomou gols em 21 partidas. Apesar do bom desempenho do jovem francês, Keylor Navas, do PSG, foi eleito o melhor goleiro da Ligue 1.

+ Siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram.

Classificação final

(Imagens: Divulgação/Ligue1UberEats)

Além do Lille, os clubes que representarão a França na próxima Liga dos Campeões serão PSG (2º) e Mônaco (3º). Se classificaram para a Liga Europa: Lyon (4º) e Olympique de Marseille (5º). O Rennes (6º) será o primeiro time francês a participar da Conference League, a mais nova competição da UEFA que começará na próxima temporada. Nîmes (19º) e Dijon (20º) caíram para a segunda divisão. O Nantes (18º) disputará o playoff de rebaixamento contra o Toulouse, terceiro colocado na Ligue 2.

O jogo

O primeiro tempo não apresentou muitas oportunidades de gol. O Lille, entretanto, foi eficiente e balançou as redes duas vezes em quatro finalizações. Aos 10′, Renato Sanches fez boa jogada pelo meio e encontrou David livre na entrada da área. O canadense avançou e tocou na saída do goleiro Bernardoni para abrir o placar.

O Angers respondeu com duas finalizações de Fulgini. Aos 19′, Maignan precisou fazer uma defesa complicada após a bola quicar em sua frente. Aos 21′, a segunda tentativa do camisa 10 passou longe do gol, sem perigo para o campeão francês.

Aos 27′, o Lille fez boa jogada coletiva pela direita. Após triangulações rápidas, Renato Sanches tocou para Yilmaz, que cruzou rasteiro para David, mas o defensor chegou primeiro e afastou o perigo. O auxiliar assinalou o impedimento do turco ao término do lance.

Aos 45′, depois de uma desatenção da defesa do Angers, David ficou sozinho com a bola, encarou e driblou o goleiro, mas Bernardoni atingiu o pé do atacante e o árbitro marcou o pênalti. Na cobrança, Yilmaz esperou o goleiro decidir para que lado pularia e colocou a bola no canto direito para ampliar a vantagem.

Na segunda etapa, as equipes construíram mais chances caras de gol do que nos 45 minutos iniciais. Aos 48′, Renato Sanches tabelou com Yilmaz e avançou pelo buraco na defesa adversária. O português invadiu a área, mas chutou muito mal, por cima do gol.

O Angers reagiu e incomodou a melhor defesa do campeonato. Aos 49′, Fulgini bateu colocado com a perna esquerda, mas a bola foi para fora. Aos 60′, o meia recebeu lançamento pelo chão dentro da área e chutou forte para a boa defesa de Maignan. Aos 63′, Bobichon cobrou falta na cabeça do capitão, Thomas, mas a finalização foi por cima do gol.

Aos 72′, nova tentativa de Fulgini de fora da área. O goleiro estava bem posicionado e espalmou a bola para escanteio.

Nos acréscimos, depois de tanto finalizar, Fulgini foi finalmente recompensado pelo desempenho em campo. Cho cruzou para a área, Benjamin André desviou na bola, mas ela sobrou na cabeça do camisa 10, que deslocou o goleiro e diminuiu o placar.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top