Futebol

Clubes ingleses suspendem venda antecipada de ingressos para temporada 2020/2021

Com a temporada atual paralisada desde março por conta da pandemia do novo coronavírus, o futebol inglês passa por outra indefinção: a venda de pacotes de ingressos para a próxima temporada. Para evitar maiores problemas, alguns deles suspenderam a renovação para quem havia comprado os bilhetes para este ano, como é o caso de Liverpool e Manchester United.

LEIA MAIS: Clubes ingleses se comprometem a concluir atual temporada, mas sem definições de datas para retorno

Atualmente líder da tabela do Campeonato Inglês, o Liverpool só irá retomar o processo de renovação quando houver definição quanto ao calendário de jogos para 2020/2021. Além disso, os preços serão congelados para o próximo ano. O clube ainda divulgou que se o restante da edição atual for disputado sem torcedores, quem já possui entradas será reembolsado proporcionalmente, ou poderá resgatar o valor em entradas para a próxima edição.

O caso do Manchester United é similar: congelamento dos preços e promessa de reembolso caso as nove rodadas restantes de 2019/2020 sejam disputadas sem público. O clube teve que correr contra o tempo, visto que o prazo inicial para a renovação dos pacotes de ingressos era o próximo dia 1º de maio.

Outros clubes nem iniciaram a venda de ingressos ou a renovação, tendo em vista a indefinição para a conclusão da atual temporada e previsão para a próxima. É o caso do Southampton, que se pronunciará só após a resolução do atual problema.

A situação mais polêmica foi a envolvendo o Newcastle. Vários torcedores reclamaram por terem sido cobrados em 620 libras (aproximadamente R$ 4100 na cotação atual) pela renovação automática dos ingressos para a temporada 2020/2021, mesmo com toda a indefinição de calendário. Até o momento, o clube não se manifestou sobre o caso.

Foto: Divulgação/Liverpool

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo