Santos

Luan valoriza elenco em tropeço do Santos e deixa futuro em aberto: “Não depende de mim”

Luan Peres, zagueiro do Santos (Ivan Storti/Santos)

O zagueiro Luan Peres cumpriu os 10 dias de quarentena e voltou a atuar na derrota do Santos para a LDU, do Equador, por 1 a 0, nesta terça-feira, na Vila Belmiro, pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa Libertadores. Mesmo com o revés, o Peixe se classificou às quartas do torneio continental.

Luan contou sobre a preparação mesmo em quarentena e elogiou a campanha do Santos na Libertadores até o momento: são oito partidas, com seis vitórias, um empate e uma derrota.

“Estávamos invictos até segundo jogo das oitavas. Isso não é para qualquer equipe. Tivemos deslize, mas um deslize quando poderia acontecer. Fizemos grande Libertadores e não podemos parar por aqui”, disse o zagueiro, em entrevista coletiva virtual.

O zagueiro tem contrato de empréstimo com o Santos até o fim de dezembro, mas deixou a negociação com seus empresários. Além disso, citou a dificuldade em conversar com o Club Brugge, da Bélgica, que detém seus direitos econômicos.

“Parece que é praxe, mas é a verdade. Ainda não sei o que vai acontecer, se fico ou se vou. Contrato de empréstimo termina em 31 de dezembro e não depende só de mim. É difícil negociar com o Brugge. Não passaram nada para mim e não sei nada sobre isso”, finalizou.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top