Conmebol Libertadores

Mais de um ano depois, Flamengo é a primeira equipe brasileira a jogar com torcida no estádio

Torcida do Flamengo presenta na Libertadores
Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Depois de 496 dias, o Flamengo voltou a jogar diante da sua torcida. Cerca de seis mil torcedores foram ao Mané Garrincha para ver a goleada do Rubro-Negro por 4 a 1 diante do Defensa y Justicia, pelas oitavas de final da Libertadores. Mesmo com a permissão da Conmebol, ainda houve pedidos de liminar contra a presença do público.

Um ano e quatro meses, ou, mais precisamente, 496 dias depois, o torcedor do Flamengo pôde assistir a um jogo do clube de perto, de dentro do estádio. Os seis mil torcedores que foram ao Mané Garrincha na noite da última quarta-feira (21), viram a equipe de Renato Gaúcho dar show na goleada por 4 a 1 que fez a equipe se classificar para as quartas de final da Libertadores.

A última vez que o torcedor viu o Flamengo de dentro do estádio foi no dia 11/3/2020, na vitória por 3 a 0 sobre o Barcelona  (EQU), no Maracanã, também pela Libertadores. Poucos dias depois, a pandemia do Covid-19 entrou com força no Brasil, paralisando campeonatos e impedindo o torcedor de ver seu clube de coração de perto por mais de um ano.

Mesmo um ano depois, o cenário de pandemia ainda existe no país, o que levanta dúvidas a respeito da segurança de fato dada àqueles que foram ao Mané Garrincha. Somente no Brasil, mais de 545 mil pessoas perderam a vida para a doença.

Quando foi decretado que Brasília poderia receber torcedores no estádio, foi dito que apenas pessoas vacinadas ou que apresentassem o teste PCR negativo poderiam entrar. Porém, um dia depois, essa regra foi por água abaixo, liberando a compra de ingressos para qualquer pessoa, sem necessidade de apresentar qualquer garantia de que esta pessoa estaria livre da doença. O presidente Jair Bolsonaro, inclusive, estava presente na partida. Vale lembrar que, 12 dias atrás, pouco mais de duas mil pessoas estavam no Maracanã para ver a final da Copa América, entre Brasil e Argentina.

Utilizando esse critério, a Conmebol decidiu permitir a presença do público nos estádios a partir das oitavas de final da Libertadores. O Flamengo, que já lutava por isso há bastante tempo, foi rápido em se mobilizar e transferir o jogo de volta diante do Defensa para Brasília, onde foi decretado que seria possível permitir a entrada dos torcedores no estádio.

Mesmo com a permissão, inicialmente reduzida a 25% da capacidade, dois pedidos de liminares contra a presença do público foram apresentadas, ambas rejeitadas pela justiça do DF. No fim, venceu o Flamengo, dentro e fora de campo. Porém, se não há dúvidas a respeito da sua vitória dentro das quatro linhas, há quem critique sua vitória fora delas.

Siga o Esporte News Mundo no InstagramTwitter Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top