Campeonato Brasileiro - Série C

Manaus e Treze empatam na Arena com confusão no final

Manaus x Treze só emparam na partida com confusão no final (Foto: Divulgação/Manaus FC)
— Continua depois da publicidade —

A Arena da Amazônia recebeu o jogo entre Manaus FC e Treze da Paraíba na noite desta segunda (14) pela 6º rodada do Campeonato Brasileiro Série C. O objetivo das duas equipes era os 3 pontos, mas cada uma só ganhou um, além de spray de pimenta na cara e confusão no fim do jogo. A partida terminou em 1 a 1 com gol do Manaus nos acréscimos, e isso gerou um mal estar com os atletas do Treze, a polícia entrou em campo para ajudar a arbitragem jogando spray nos atletas e a confusão começou. Também não esquecemos do calor, a calorosa Manaus deixou os atletas muito cansados em campo.

O Manaus tinha o objetivo de ganhar os 3 pontos e continuar com a invencibilidade no estádio, que vem desde o ano passado quando jogou a quarta divisão do Brasileiro e também engloba os jogos do Barezão. Já são dois anos e meio de invencibilidade, cerca de 16 jogos, e com esse empate, o Gavião o mantém, e se afastou da zona da degola, mas por causa do resultado do jogo, não entrou no G4. Já o Treze segue na zona de rebaixamento e ainda não venceu na competição.  

O Jogo

Os donos da casa entraram meio dispersos em campo, deixando o visitante jogar, e foi assim que o Treze se impôs no jogo e quase saiu na frente, mas com boa defesa, o goleiro do Manaus impediu que o Galo abrisse o placar. Depois de alguns sustos, o Gavião do Norte começou a melhorar na partida, dominou o meio de campo e clareou as jogadas que fez brilhar o goleiro Andrey do Treze, ótima defesa.

Com o domínio do Manaus no meio de campo, o Treze alçava bolas na área adversária tentando chegar no gol que só veio aos 7 minutos do segundo tempo, com passes entre vários jogadores, a bola chegou nos pés de Gustavo que chutou para o Gilvan abrir o marcador. 1 à 0 era o placar na Arena da Amazônia. O Manaus começou a tentar se impor, mas não dava resultado nas jogadas, o último passe não vinha. E assim o desespero bateu na equipe. Mas aos 47 minutos do 2 tempo o cenário começou a mudar.

Com o segundo cartão amarelo nas costas por uma falta dura em Jandy do Manaus, o Marcos Vinicius é expulso de campo, deixando o Treze com menos um. Assim o Manaus foi pra cima, e aos 52 minutos, fez o gol de empate. Matheusinho cabeceia livre após desvio de Hamilton. Alegria dos Amazonenses e um balde de água fria nos Paraibanos. Com o gol nos acréscimos, os atletas do Galo foram pra cima da arbitragem achando que o gol do Manaus estava impedido, mas o árbitro assinalou o gol e terminou a partida antes do minuto, e a confusão começou. Reclamação aqui, spray de pimenta ali, e assim terminou a partida na Arena da Amazônia, 1 a 1 no placar e ardência no rosto de quem levou o spray na cara.

Polícia em campo após confusão entre atletas e abitragem ao final da partida (Foto: Divulgação/Manaus FC)

O próximo jogo do Treze na competição é contra o Jacuipense no sábado (19) às 17h (de Brasília). Já o Manaus recebe no mesmo dia, o líder do grupo A, o Santa Cruz na Arena, em Manaus, às 18h (horário local – 19h de Brasília). O Gavião está com sete pontos e na sétima colocação na tabela. Já o Treze figura em nono, com dois pontos conquistados.

Siga o perfil do Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

Um comentário

Um comentário

  1. Pingback: Manaus e Treze empatam na Arena com confusão no final | DF MANCHETES

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo