Futebol

Maradona volta a defender Ronaldinho: ‘Apoio até a morte’

Diego Maradona voltou a manifestar apoio ao amigo e ex-jogador, Ronaldinho Gaúcho. Em entrevista ao jornal “El Día”, de La Plata, o técnico do Gimnasia reforçou sua tristeza por ver o brasileiro em prisão domiciliar no Paraguai.

– Claro que fico triste. Não é um delinquente, ele só foi trabalhar. Seu erro é ser ídolo, parece… é meu amigo e o apoio até a morte – afirmou Maradona.

Não foi a primeira vez que Maradona se manifestou sobre Ronaldinho, desde que o pentacampeão mundial desembarcou no Paraguai. Um dia após o brasileiro ser acusado de entrar no país vizinho com documentos falsos, o argentino publicou uma mensagem de apoio ao ex-camisa 10 do Barça nas redes sociais.

– Força, querido amigo Ronaldinho, a verdade sempre aparece. Um grande abraço, campeão!!! – escreveu o argentino.

RONALDINHO É PRESO…

Acompanhado de seu irmão, Roberto Assis, Ronaldinho Gaúcho desembarcou no aeroporto internacional Silvio Pettirossi em Luque, na grande Assunção. Na mesma noite, os dois receberam no hotel a visita de autoridades paraguaias. Passaram a noite sob custódia e, no dia seguinte, contaram ao Ministério Público tudo o que sabiam. Admitiram que tentaram entrar no país com aqueles documentos, mas que não sabiam serem falsos.

Segundo as investigações, a empresário Dália Lopez, que teria convidado Ronaldinho para participar de um evento no Paraguai, mas ela está foragida do país.

Desde então, Ronaldinho e Roberto Assis passaram por uma série de perícias e estão em prisão domiciliar no Paraguai.

Foto: Reprodução/Instagram

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo