Mais Esportes

Masters Monte Carlo: Rublev joga demais e elimina Nadal, Tsitsipas avança, Ruud passa com tranquilidade e Evans surpreende de novo

Masters de Monte Carlo
Divulgação/Twitter do Masters de Monte Carlo

Hoje aconteceram os duelos das quartas de final do Masters de Monte Carlo e algumas surpresas foram vistas nesta sexta-feira. Stefanos Tsitsipas avançou com W.O. Daniel Evans passa por mais um favorito e segue embalado no torneio. Casper Ruud adota estratégia correta para encarar Fabio Fognini e derrota o italiano, atual campeão. Andrey Rublev joga tênis de altíssimo nível e bate Rafael Nadal no saibro.

Tsitsipas x  Alejandro Davidovich Fokina

O grego foi o primeiro tenista a garantir o passaporte para a semifinal do Masters 1000 de Monte Carlo. O espanhol deu trabalho no primeiro set até sentir lesão na coxa esquerda. Pediu atendimento e não teve condicionamento físico para continuar na partida. Stefanos encontra Daniel Evans na semifinal e leva a melhor no confronto direto, com duas vitórias e nenhuma derrota.

Evans x Goffin

Ambos os atletas apresentam bom rendimento e o britânico aproveitou o embalo para derrotar o belga por 2 sets a 1, com parciais de 5/7, 6/3 e 6/4. Sempre apostando nas variações de jogada, raramente repete o mesmo golpe, e arriscando quando necessário, Daniel é um tenista complicado de jogar contra e vem mostrando isso no certame. Apesar do estilo de jogo não ser tão eficiente no saibro e os números provam o fato. Chegou em Mônaco com somente quatro vitórias na terra batida em nível ATP. Mas está quebrando esse tabu e pode ofuscar os favoritos mais uma vez.

Ruud x Fognini

O norueguês tem um jogo pautado na consistência e uma direita potente, além disso, erra pouco e dá poucos pontos de graça. Todos esses fatores entram como veneno para o italiano, pois não gosta de enfrentar rivais com essas características e costuma não ter a paciência necessária. Assim, Casper venceu com certa tranquilidade e fechou o confronto em sets diretos, parciais de 6/4 e 6/3. Mede forças diante de Rublev na semifinal do Masters de Monte Carlo.

Rublev x Nadal

Desde o ano passado, período no qual levantou cinco taças, o russo demonstra evolução constante no seu jogo, tanto na parte mental como na tática. Tem uma das melhores direitas do circuito e não pode descartar seu backhand, que é eficiente. Já conquistou um título este ano e é o tenista com mais vitórias em 2021 (23).

Contra o Nadal, provavelmente, exibiu o melhor tênis da sua vida. Jogou um absurdo, com bolas potentes e profundas de ambos os lados e revelou muita resiliência para encarar o Toro Miura. Aguentou longas trocas e venceu a maioria delas. Além disso, como dito anteriormente, manifestou um aspecto mental invejável, que sempre foi seu ponto fraco.

Rafa perdeu apenas a sexta partida no Masters de Monte Carlo. Ele não conseguiu bloquear e encontrar soluções para frear o ímpeto do rival. Em vários momentos da peleja foi possível ver um espanhol nervoso e reclamando consigo mesmo, algo incomum. Sempre esteve desconfortável, mesmo quando ganhou o segundo set.

LEIA MAIS

Masters 1000 Monte Carlo: Djokovic e Zverev perdem, Nadal avança com folga; veja outros resultados desta quinta-feira

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top