Palmeiras

Mauricio Galiotte relembra momentos marcantes de seu mandato no Palmeiras

Fabio Menotti/ Palmeiras

Em fim de mandato, Galiotte vive no Palmeiras uma transição de cargo, ficará no comando até o dia 15 de dezembro, quando assume a conselheira e patrocinadora, Leila Pereira. Mauricio pode fazer história pela última vez como Presidente, com a possibilidade de vencer a Libertadores duas vezes no mesmo ano.

Em entrevista ao canal oficial do clube no Youtube, o então Presidente relembrou momentos importantes de seu mandato, falou sobre a nova sala de troféus, e opinou sobre o que fez o Palmeiras voltar a ser protagonista.

Para saber tudo sobre o Palmeiras siga Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram.

DIVISOR DE AGUAS

O Palmeiras viveu nos anos de 2013 e 2014 momentos preocupantes. Depois de conseguir o acesso para a série A, quase foi novamente rebaixado no ano do centenário. Tudo mudou a partir de 2015 e para Mauricio Galiotte isso se deve a dois acontecimentos:

– Posso garantir ao torcedor palmeirense, que duas situações foram os divisores de águas, para o sucesso do Palmeiras: A inauguração da Arena e a chegada do patrocínio da Crefisa e da FAM. As duas situações ocorreram praticamente juntas. A inauguração movimentou a torcida do Palmeiras, devolveu o orgulho do torcedor. É um diferencial esportivo e econômico. E a chegada da Crefisa como maior patrocínio da América do Sul. Foram extremamente importantes para o Palmeiras- disse o Presidente.

VITÓRIA MARCANTE

Para o Presidente Mauricio Galiotte, a vitória mais marcante do Palmeiras em seu comando, foi contra o Boca Juniors, na Argentina, pela fase de grupos da Libertadores 2018. Mais tarde naquele ano, o verdão foi eliminado pelo Boca nas semifinais da competição internacional:

– Palmeiras e Boca na Bombonera lotada. nós conseguimos vencer a partida por 2 a 0. Primeira vez que um clube brasileiro venceu o Boca na Argentina por dois gols de diferença. Foi um jogo muito difícil, que foi marcante para todos da gestão- falou Galiotte.

QUESTÃO DE TEMPO

O Presidente relembrou uma declaração dele em 2017, quando o Palmeiras foi eliminado da Libertadores. Na época, ele afirmou que era uma questão de tempo para que o verdão voltasse a conquistar a América:

– Em 2017, eu dei uma entrevista e disse o seguinte. “Torcedor palmeirense, o Palmeiras vai conquistar novamente a Libertadores. É uma questão de tempo”. Nós estivemos em 2016, 2017, 2018, 2019, 2020 e 2021. Seis anos consecutivos participando da Libertadores. Um fato inédito na história do Palmeiras. Em 2016 saímos na fase de grupos, 2017 nas oitavas, 2018 ficamos entre os quatro melhores, em 2019 perdemos para o Grêmio, em 2020 conseguimos o título, e em 21 estamos na final novamente – relembrou Mauricio.

SONHO DA GESTÃO

A entrevista foi realizada na nova sala de troféus do Palmeiras. Um sonho antigo da gestão e também do torcedor palmeirense. O espaço histórico foi construído no primeiro andar do Allianz Parque e foi inaugurada na festa de aniversário do clube, em 26 de agosto de 2021.

– Era um desejo, um sonho e uma meta estar neste local do clube social, no primeiro andar da arena. Há muitos anos era um desejo do nosso torcedor, então colocamos isso como plano de gestão. Nós entregamos para o associado, para o torcedor palmeirense uma sala de troféus como essa que tanto nos orgulha – concluiu o mandatário.

Agora no Uruguai, Mauricio espera fechar sua gestão com mais um titulo histórico.

Palmeiras e Flamengo decidem a Libertadores da América no dia 27 de novembro, às 17h00 (de Brasília). A partida será realizada no Estádio Centenário, em Montevideo-URU. Ambas as delegações já estão no local se preparando para a decisão.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top