Futebol americano

Preso por ficar nu em frente à escola, atleta da NFL é solto após pagar fiança

Matt Starkey / Cleveland Browns

O defensive tackle do Cleveland Browns Malik McDowell foi detido pela polícia na última segunda-feira e solto na terça-feira, após o pagamento de us$ 27 mil. O jogador estava nu em frente à uma pré-escola, na Flórida e agrediu um dos agentes de segurança responsávei pela sua prisão, potencialmente lhe causando um dano permanente no olho.

Segundo os autos, a polícia foi chamada para averiguar um homem nu andando perto de uma escola, que na realidade era um centro de estudos para crianças. Os vídeos da câmera de segurança do local mostraram McDowell entrando na propriedade sem roupas. O atleta resistiu a prisão, ainda segundo o relatório, ofendendo e atacando um policial com um soco no olho e depois tentando fugir do local, mas sendo parado por uma taser, arma de choque e então algemado.

Para saber tudo sobre a NFL, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram

Segundo o advogado de defesa de McDowell, o atleta pode ter consumido algo, dado para ele sem seu conhecimento, o que poderia explicar o comportamento, classificado pelo próprio advogado como bizarro. McDowell foi preso sob as acusações de exposição pública indecente, resistência violenta a prisão e agressão grave a um oficial da lei.

Não é a primeira vez que o jogador tem problemas com a polícia. Em setembro de 2017 ele foi detido por dirigir alcoolizado e em dezembro do mesmo ano por desordem pública. Em 2019 a situação ficou mais séria, depois que o jogador foi novamente preso, mas por dirigir intoxicado, agredir policiais e resistência a prisão, em fevereiro e poucos meses depois por receptação, após a polícia o encontrar em posse de uma caminhonete roubada, sendo sentenciado a 11 meses de prisão e três anos em condicional.

Malik McDowell foi draftado pelo Seattle Seahawks, como uma escolha de segunda rodada, em 2017 e chegou a assinar um contrato por quatro anos, no valor de us$ 6,9 milhões, mas sofreu um grave acidente com um quadriciclo, que resultou em uma lesão na cabeça e acabou dispensado anos depois.

Apesar de McDowell não ter conseguido atuar na NFL pelos Seahawks, o Cleveland Browns resolveu apostar no jogador em 2021, tendo feito, segundo a franquia, um trabalho extensivo de recuperação. Na temporada 2021/22 ele atuou em 15 partidas e treve três sacks.

Um porta-voz dos Browns enviou um informativo, onde declara que a franquia está reunindo mais informações sobre o incidente, que entende a gravidade do ocorrido e seus pensamentos estão no bem-estar dos envolvidos.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top