Internacional

Médico do Internacional atualiza situação física de Danilo Fernandes e detalha procedimento cirúrgico realizado

Ricardo Duarte/Internacional

Na noite da última terça-feira (06), o Internacional revelou que Danilo Fernandes havia passado por um procedimento cirúrgico. Segundo a publicação, a questão era uma hérnia de disco com a qual o goleiro vinha sofrendo há quase um mês. Mesmo com a nota, o clube optou por trazer maiores esclarecimentos para a torcida e imprensa, através da uma coletiva do médico Carlos Poisl. Ele trouxe, antes mesmo das perguntas, um caminho percorrido pelo colorado até a descoberta do problema.

– Após o jogo contra o Ypiranga, o Danilo fez as primeiras queixas de dor na lombar. Ele fez alguns tratamentos e foi poupado de alguns treinamentos naquela semana. Mas, mesmo assim, conseguiu participar do confronto seguinte, diante do Novo Hamburgo. No pós-jogo ele imediatamente referiu piora nos sintomas, com algumas alterações clínicas importantes. Isso nos levou a fazer uma investigação maior. Em uma ressonância foi achada uma hérnia discal lombar – disse o médico do Internacional, revelando que o arqueiro já sentia o problema há quase um mês.

Depois da cirurgia, conforme também já havia sido revelado anteriormente, Danilo Fernandes ficará pelo menos um mês afastado dos gramados. Todavia, segundo o médico, uma cirurgia dessas, que seria de pequeno impacto no corpo, pode variar bastante o prazo de retorno, tanto adiantando como adiando, dependendo das respostas do arqueiro aos treinamentos.

– Em um primeiro momento, resolvemos buscar um tratamento conservador. Se fez fisioterapia, repouso e medicação, além da avaliação diária. No entanto, passados 15 dias, não vimos nenhuma melhora. Refizemos novamente a ressonância e se contatou uma piora, o que nos fez perceber que o prolongamento do atual tratamento não se justificava. Então partimos para um procedimento cirúrgico, que é minimamente evasiva, com pouca invasão tecidual. A cirurgia foi muito bem-sucedida. Tanto que hoje pela manhã, o Danilo me perguntou se já poderia vir de tarde para treinamentos, mas é preciso ter calma. A ideia é, em 3 semanas, ele aumentar a carga de atividade e retornar aos treinos e jogos de forma gradual, mas isso pode, obviamente, variar de acordo com a resposta do jogador – revelou Carlos Poisl, médico do Internacional.

Médico afirma que sequência de lesões de Danilo Fernandes não preocupam

Um detalhe que sempre preocupa a torcida do Internacional, quanto a Danilo Fernandes, é a dificuldade do goleiro de permanecer disponível por muito tempo. Desde que chegou ao colorado, ele já passou mais de um ano parado, por problemas no ombro. Na reta final do último Brasileirão, inclusive, ficou fora por uma fratura no pé. E agora aparece a hérnia de disco. No entanto, o médico do clube tranquilizou a torcida, e afirmou que um problema nada está relacionado com os outros.

– Todas as lesões que o Danilo teve foram traumáticas. Uma fratura no pé que precisou cirurgia, depois uma ruptura no ombro e essa hérnia também consideramos resultado de um esforço súbito. Dores lombares todos os goleiros têm em algum momento da carreira. As lesões não têm correlações – finalizou o médico do Internacional.

Para saber tudo do Internacional, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook. E se inscreva no nosso YouTube!

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top