Athletico

Mesmo com a derrota, António Oliveira tem início melhor no Campeonato Brasileiro que Abel Ferreira e Jorge Jesus

FOTO: REPRODUÇÃO/ATHLETICO

Após um início de temporada muito inconsistente, António Oliveira vem conquistando a torcida, mostrando que era o nome certo para o trabalho e justificando a escolha feita por Paulo Autuori para colocar o jovem treinador, de apenas 38 anos, no comando de uma equipe que está acostumada a brigar no batalhão mais alto do futebol brasileiro, tendo o melhor início de Campeonato Brasileiro quando comparado com seus compatriotas que já fizeram e fazem sucesso no país.

O treinador, que foi efetivado no comando do clube somente após uma grande dificuldade do Athletico em busca de um treinador mais experiente no mercado, vem conquistando também os olhos da mídia. Tendo aparições recentes em programas televisivos em rede nacional e ganhando destaque em jornais portugueses, que comparam o início do jovem treinador com seus compatriotas de sucesso no país, o ex-técnico do Flamengo, Jorge Jesus, e o atual técnico do Palmeiras, Abel Ferreira.

O jornal “O Jogo” destacou que o início de Campeonato Brasileiro de António Oliveira é superior em comparação com os dois técnicos que já conquistaram a América, tendo conquistado quatro vitórias nos seus primeiros quatros jogos, enquanto Abel Ferreira conseguiu apenas três vitórias e uma derrota, e Jorge Jesus tendo a marca de duas vitórias, um empate e uma derrota neste mesmo período.

Para saber tudo sobre o Athletico, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Oliveira desde que chegou ao comando do Furacão comandou a equipe rubro negra em 18 jogos considerando todas as competições, levando o Athletico a vice liderança do Campeonato Brasileiro 2021 e chegando as semifinais da Copa do Brasil e da Copa Sul-Americana, conquistando treze vitórias, dois empates e apenas três derrotas neste período, com a última acontecendo na última quinta-feira (24) contra a equipe do Bahia, jogo em qual ele foi expulso após o apito final.

De acordo com a súmula da partida, o treinador da equipe athleticana teria sido expulso por, após o término da partida, se dirigir ao quarteto de arbitragem que se encontrava dentro do campo de jogo e proferir as seguintes palavras: “Você hoje prestou um desserviço á arbitragem brasileira, você é um incompetente, não tem competência para estar aqui”. Relembrando que o Furacão teve dois jogadores expulsos na partida, com Richard sendo expulso logo aos treze minutos do primeiro tempo.

Com isso, o treinador e seus dois atletas não vão estar disponíveis para o próximo jogo do Athletico pelo Campeonato Brasileiro 2021, que acontecerá no próximo domingo (27), às 20h, na Arena da Baixada no confronto com a Chapecoense, que atualmente está na décima oitava posição da competição.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top