Guarani

Michel busca motivos para justificar lesões musculares no Guarani; confira

Michel busca motivos para justificar lesões musculares no Guarani; confira

Michel Alves tentou encontrar motivos para justificar o alto número de jogadores lesionados no Guarani no primeiro turno da Série B do Campeonato Brasileiro.

Em praticamente metade da competição nacional, Bugre amarga peças importantes entregues ao Departamento Médico por, pelo menos, uma vez até aqui.

+ Michel Alves confia em evolução na defesa do Guarani: ‘Medidas tomadas’

“Não só o Guarani, mas o futebol brasileiro como um todo tem sofrido com lesões musculares. Você vê aí e falando e trazendo para o nosso nicho, que é a Série B, o quanto de atletas vêm tendo dificuldade, porque a sequência é pesada. Você joga em um nível de intensidade altíssimo. Os números de GPS da nossa equipe, hoje, são bem elevados. Existe um desgaste muito alto. Também tem uma preocupação por parte do Departamento de Fisiologia e do Departamento Médico na recuperação, junto com a comissão técnica, e na prevenção”, disse o superintendente, em coletiva de imprensa.

“Eu já uso a oportunidade para valorizar o trabalho que o Departamento Médico tem feito sobre essas ações, especialmente dos atletas que tiveram essas lesões. Nós temos, em sua grande maioria, lesões de trauma e lesões musculares. Nessa sequência, é, dentro do que nós tivemos no passado, um número inferior, mas é um número que nos preocupa naturalmente, porque a gente precisa de atletas importantes”, continuou.

“A gente não quer que ninguém fique de fora, nem a comissão técnica. Então eu uso a oportunidade para valorizar o trabalho que está sendo feito de forma incansável, trabalhando em período integral, em três ou quatro perguntas, para recuperação desses atletas”, arrematou.

No momento, o único desfalque por contusão na coxa é o atacante Júlio César, fora de combate desde o fim de julho.

Já estiveram fora por algum momento o lateral-direito Diogo Mateus e os zagueiros Carlão, Ian Carlo e Ronaldo Alves, além do meio-campista Tony por dores no quadril direito.

Atualmente, o centroavante Rafael Costa, por sua vez, com um gol marcado em 12 jogos na temporada, foi submetido à cirurgia no joelho e não deve mais atuar em 2021 – leia mais aqui.

TABELA

Em oitavo lugar com 23 pontos, Guarani, com duas derrotas consecutivas, volta a campo pela Série B do Campeonato Brasileiro nesta sexta-feira, 06 de agosto, diante do Brasil de Pelotas, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, a partir das 19h.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top