Internacional

Miguel Ángel Ramírez usa o cansaço para justificar derrota do Internacional para o Deportivo Táchira

Ricardo Duarte/Internacional

Na noite desta terça-feira (11), o Internacional foi derrotado, de virada, pelo Deportivo Táchira. Jogando na Venezuela, pela Libertadores, o colorado teve uma atuação basicamente irreconhecível. Na segunda etapa, então, foi amplamente dominado pelo adversário, não conseguindo mostrar nenhum poder de reação após levar o segundo gol, em falha defensiva de Marcelo Lomba e Edenilson. Diante desse cenário, o treinador Miguel Ángel Ramírez justificou colocando a culpa no cansaço acumulado.

– Hoje estávamos fazendo um boa partida. Até abrimos o marcador. Até merecíamos mais pois estávamos criando. Com o passar do tempo o campo foi tirando nossa perna. Acumulamos cansaço pela sequência. Nesse correria, não se pode treinar, apenas recuperar. E, numa cancha pesada, se faz mais notório o cansaço. São horrores pontuais que acabaram nos matando fisicamente – afirmou Miguel Ángel Ramírez, após a derrota.

Na derrota, em que o time decaiu muito no segundo tempo, o colorado mostrou o cansaço, que pode ser confundido como apatia por alguns. No entanto, o treinador Miguel Ángel Ramírez discordou desse terno, e ainda afirmou que o colorado merecia sair com a vitória. Na visão dele, o clube gaúcho esteve mais perto do triunfo do que o adversário, mas acabou desperdiçando as oportunidades.

– A partida nunca esteve para perdermos. Tivemos oportunidades para matar. Mas eles cresceram, também por desespero. Tivemos pouca precisão na transição ofensiva. Mas o campo foi nos cansando, e os passes naturalmente errados. Não concordo que estivemos apáticos. Mas com o passar dos minutos fomos caindo e cansando. Começa a pesar as pernas e se perde a lucidez para acertar. Estávamos mortos no final e eles aproveitaram para virar o marcador. Temos que ganhar do Olimpia – finalizou Miguel Ángel Ramírez, já projetando o próximoIn jogo na semana que vem.

Para saber tudo do Internacional, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook. E se inscreva no nosso YouTube!

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top