Lutas

Mike Tyson se salva de processo policial por agredir fã antes de voo

Reprodução/Instagram Mike Tyson

Mike Tyson já lidou com várias polêmicas em sua carreira e vida pessoal, mas desta vez conseguiu se livrar da possibilidade de sofrer processo policial pela agressão que deu num fã antes de um voo nos Estados Unidos em abril.

O promotor que cuidava do caso, Steve Wagstaffe, emitiu um comunicado no qual declarou o arquivamento do caso alegando que as circunstâncias em que este ocorreu, além do comportamento da vítima e a interação deste com a lenda do boxe motivaram que não houvesse um processo, de acordo com informação do Uol Esporte. Além disto, tanto o boxeador como a vítima não quiseram prestar queixa.

LEIA TAMBÉM

+ Dirigente do UFC explica polêmica sobre pesagem de Charles do Bronx

Apesar do arquivamento do caso na esfera criminal, Wagstaffe abriu a possibilidade para que o caso possa ir para a esfera cível. Assim, Tyson poderia correr o risco de, se condenado, ter que pagar uma indenização relativa à agressão se o processo for aceito por uma corte deste tipo.

A agressão aconteceu antes de um voo entre San Francisco e a Flórida ao qual Mike Tyson estava. Melvin Townsend, de 36 anos, é o homem identificado como o que fora agredido pelo ex-campeão mundial dos pesos-pesados e teria tirado fotos com o lutador pouco antes do embarque. Posteriormente, Townsend teria tomado atitudes que irritaram a lenda da nobre arte.

No relato das testemunhas e dos vídeos do avião, o boxeador inicialmente abordou o homem de forma amigável, mas diante da insistência deste, decidiu por desferir vários socos contra Townsend antes de deixar o avião revoltado.

Tyson não foi detido pela polícia por conta do incidente. Nos relatos da investigação inicial, Townsend teria sofrido vários ferimentos leves na cabeça em decorrência dos socos. Apesar disto, não houve qualquer prova mais forte para que a promotoria decidisse prosseguir com um possível processo.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top