Futebol Internacional

Milan quer recompensar capitão Kjaer por ato heroico em salvar Eriksen

via imago images

Simon Kjaer e Kasper Schmeichel foram heróis e muito importantes num momento muito agoniante para reanimar o companheiro de equipe, Christian Eriksen, que caiu desacordado na partida entre Dinamarca e Finlândia pela Eurocopa.

O ato de Kjaer durante a tentativa de reanimar Eriksen recebeu elogios do mundo todo. O zagueiro contribuiu para os minutos decisivos do companheiro, que conseguiram salvar a vida do jogador antes da chegada dos médicos. Com isso, o Milan quer dar um prêmio que ele merece. Segundo o ‘Sportmediaset’, o clube rossonero quer eleger Kjaer como capitão da equipe na próxima temporada.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

Desde 2018, a braçadeira de capitão é usada por Alessio Romagnoli, e seu futuro ainda é incerto no time. Kjaer, com 32 anos, chegou a Milão em janeiro de 2020, após alguns meses na Atalanta e ter feito apenas cinco partidas. Hoje o dinamarquês é um dos pilares da equipe.

Desde a sua chegada, Kjaer já disputou 58 partidas e tem sido um dos grandes protagonistas ao retorno do Milan a Champions League, competição que o time italiano não participava a sete anos.

Kjaer e Eriksen tem uma amizade mais de 10 anos, ambos servindo a seleção. A relação entre os amigos se fortaleceu no ano passado, quando o meia foi para o rival, a Inter de Milão.

Stefano Poli, técnico do Milan, e o resto do elenco vão conversar sobre o zagueiro ser o capitão da equipe, mas isso não é dado como certo. No entanto, na Itália garantem que a decisão é praticamente tomada a pedido popular: “Kjaer será o capitão”.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top