Fluminense

Moleques de Xerém mostram eficiência e solidez no elenco do Fluminense

Fluminense
FOTO - LUCAS MERÇON/FLUMINENSE FC

Por diversas temporadas, o Fluminense utiliza jovens jogadores formados na base para qualificar seu elenco e neste ano não está sendo diferente. Com uma mistura de experiência e juventude, o grupo comandado pelo técnico Marcão não sabe o que é perder a 5 jogos e saltou da décima quarta posição para a sétima no Campeonato Brasileiro. Mas nada disso seria possível sem a grande entrega e contribuição dos moleques de Xerém.

Na vitória por 2 a 1 sobre o São Paulo, no último domingo, três garotos foram peça chave na conquista dos três pontos: Luiz Henrique, Calegari e André.

Siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram.

No seu segundo jogo seguido em que balança as redes adversárias, Luiz Henrique foi fundamental na vitória tricolor. Jogou 84 minutos, acertou 16 dos 25 passes que tentou, obteve um aproveitamento de 90% de seus dribles e deu uma linda arrancada para marcar o segundo gol do Fluminense. Além disso, sua participação defensiva foi de extrema importância: 2 interceptações. 1 desarme e 9 duelos terrestres ganhos.

Luiz Henrique já disputou 66 jogos com a camisa do Tricolor das Laranjeiras e marcou seu quinto gol.

Luiz Henrique em sua arrancada para o segundo gol do Flu – Foto: Lucas Merçon / Fluminense FC

Substituto de Samuel Xavier na lateral-direita, Calegari colocou uma pulga atrás da orelha de Marcão com a boa atuação que fez – relembrou o porquê era titular absoluto na temporada passada. O garoto jogou os 90 minutos, acertou 43 passes dos 50 que tentou e foi ele quem lançou Fred no segundo gol do Fluminense. Sua participação defensiva foi sólida, realizou 6 interceptações, 1 desarme, 2 cortes e ganhou 50% dos seus duelos.

André, que vem crescendo muito de produção nesta temporada, mais uma vez comandou o meio-campo Tricolor. 27 acertos em 28 passes, 3 duelos ganhos de 5 que disputou, 3 interceptações, 2 cortes e 1 desarme.

O Fluminense mais uma vez mostra o quão a base é importante para o clube, tanto para gerar rendas como para aproveitamento no futebol profissional.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top