Ponte Preta

Moreno admite preocupação com Covid-19 na Ponte Preta: ‘Momento delicado’

Fábio Moreno admite preocupação com Covid-19 na Ponte Preta
Crédito: Diego Almeida / AA Ponte Preta

A Ponte Preta registrou três baixas por ‘sintomas gripais’ antes da estreia no Campeonato Paulista em meio ao aumento da Covid-19 no país.

Sem dois titulares – o goleiro Ygor Vinhas e o volante Barreto -, o técnico Fábio Moreno admitiu preocupação com possível surto de novo coronavírus no elenco da Macaca.

+ Moreno admite surpresa com saída de Brasil na Ponte Preta: ‘Não sabia’

“Eu acho que esse assunto é muito importante. A gente está passando por um momento muito delicado. Existe uma onda muito forte. Mortes estão cada vez maiores e batendo recorde no Brasil. Não temos leitos nos hospitais. Então, aqui na Ponte Preta, eu posso garantir que a gente está tratando isso da maneira mais séria possível”, desabafou o treinador, em coletiva.

“Qualquer sintoma, mais brando que seja, a gente procura afastar, porque todos nós, a diretoria, o presidente e a comissão técnica entendem que mais importante do que o atleta é a pessoa. Então a gente procurar ser bem rigoroso nisso e fazer todas as medidas de precaução. A gente espera que esses jogadores que foram afastados não deem positivo e que eles possam retomar a atividade deles, porque eles fazem falta. A gente prefere pecar pelo excesso e pelo zelo do que pôr em risco a integridade física de todos”, emendou.

Além da dupla citada, o goleiro Guilherme Nogueira, terceira opção do elenco, também foi submetido ao isolamento social antes de novo exame PCR-RT.

Por outro lado, Beto Guastali, preparador de goleiros, testou positivo para o vírus e entrou em quarentena por duas semanas.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top