Ponte Preta

Moreno admite viés de baixa da Ponte Preta: ‘Nossa fase não está boa’

Moreno admite viés de baixa da Ponte Preta: 'Nossa fase não está boa'
Crédito: Diego Almeida / AA Ponte Preta

Fábio Moreno reconheceu, em entrevista na PonTV, o mau momento amargado pela Ponte Preta no Campeonato Paulista.

Sob pressão por três derrotas consecutivas na Macaca, treinador voltou a lamentar o tropeço diante do Ituano, no último domingo à noite, no Estádio Novelli Júnior, por 2 a 1.

+ Vitória da Ferroviária deixa Ponte Preta longe de classificação no Paulista

“Eu acho que a fase nossa não está boa. Isso é nítido pelos resultados, mas a gente, analisando a partida contra o Ituano mais friamente, vê a entrada que os atletas têm dentro de campo, a luta que eles estão desempenhando para dar esse retorno nessa expectativa que todos nós temos de um bom resultado e de um bom rendimento. Em Itu, não foi o resultado que a gente esperava. A gente está pagando um preço por tomar um gol cedo. Ficamos com um jogador a menos. Tivemos que lutar muito para conseguir o resultado”, pontuou.

“No final, a gente foi punido com um pênalti depois de quase terminar a partida. Mesmo assim, o saldo que fica para essa próxima muito importante, um campeonato à parte, é a luta e a hombridade que todos esses atletas em honrar as cores da Ponte Preta. Se tiver essa luta e se tiver essa entrega, com certeza, a vitória vai vir no próximo jogo. É isso que a gente espera e é isso que a gente trabalha. Apesar do pouco tempo de treino que a gente tem, esperamos que esse resultado positivo já venha logo nessa partida”, emendou.

FORA

Expulso após o apito final por reclamação junto ao árbitro Thiago Duarte Peixoto, Fábio Moreno não fica à beira do gramado da Ponte Preta para o Dérbi 199, nesta quarta-feira, diante do Guarani, no Moisés Lucarelli.

“É tentar ajudar ao máximo possível. Eu não vou poder estar presente no banco de reservas, mas toda a nossa preparação vai ser feita em conjunto, como é de costume em qualquer partida. Então a gente sente muito de não estar presente ali lutando ao lado dos atletas. Acabamos que fomos expulsos. Não teve nenhum tipo de reclamação”, declarou.

“Foi só mesmo a questão de perguntar se poderia ter sido cobrado o escanteio após o acréscimo que ele havia divulgado ali e levantado a placa. Ele estava um pouco exaltado e expulsou. A gente lamenta isso e pede desculpas. Vamos fazer de tudo para estar junto, mesmo que não esteja presente fisicamente ali no planejamento e em toda estruturação do trabalho para que a gente alcance o nosso resultado”, fechou.

TABELA

Com apenas dez pontos, Ponte Preta ocupa o terceiro lugar no Grupo B, atrás de Ferroviária (15) e São Paulo (26).

Para confirmar classificação às quartas de final, realidade improvável a duas rodadas do fim, Macaca precisa vencer Guarani e Palmeiras, na condição de mandante, além de torcer para que a Ferrinha some apenas um tento em seis possíveis.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top