Coritiba

Morínigo espera retorno de Waguininho para a próxima partida do Coritiba

Divulgação/Coritiba

Para a próxima partida do Coritiba que será diante do Vasco, o técnico Gustavo Morínigo espera o retorno do atacante Waguininho que não esteve presente nas últimas duas rodadas. O jogador e vice artilheiro do time teve uma lesão na coxa detectada na semana passada e ainda é dúvida. Muito questionado no começo da temporada, o atacante se tornou muito importante para a campanha nesta Série B.

Após a derrota para o Cruzeiro na última sexta-feira (8) no Couto Pereira, o técnico Gustavo Morínigo participou da coletiva e foi questionado sobre a queda de rendimento que o time sofreu depois de completar mais uma partida sem vitória, sendo a terceira consecutiva:

— Primeiramente, queda de efetividade, pois o rendimento acredito que não porque hoje ocorreu muito, atacamos todo tempo. Cometemos erros, sim, cometemos erros… – respondeu o técnico.

Apesar da boa posição do Coritiba na tabela, que segue na primeira colocação com 54 pontos, os últimos jogos não têm agradado aos torcedores. O time chegou a abrir uma vantagem de sete pontos para o segundo colocado e que agora é de apenas três, podendo até mesmo perder a liderança na próxima rodada.

Para saber tudo do Coritiba siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook

O próximo desafio do Verdão será no sábado (16), às 16h30, contra o Vasco em São Januário. O time carioca vem de uma derrota fora de casa contra o Sampaio Corrêa e busca a vitória para ainda ter chances de acesso, já que se encontra na 8º lugar com 35 pontos, tendo, segundo o Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), 8% de chances de alcançar a classificação.

Já o Botafogo, vice-líder com 51 pontos, vem de uma importante vitória sobre o CRB, um dos fortíssimos candidatos ao acesso, tem 83% de chances de subir para a série A. Antes dessa rodada, o time alvinegro tinha 63%. Seu próximo confronto é contra o Cruzeiro no Estádio Mineirão, na terça-feira (12), às 21h30.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top