e-Sports

MSI 2022: Em dia de definição, G2 e Evil Geniuses se classificam no Grupo C

Foto: Divulgação / G2 Esports

Na definição do Grupo C o favoritismo prevaleceu. G2 e Evil Geniuses se classificaram para a próxima fase do MSI 2022. A G2 teve a melhor campanha e terminou 8/0. Em segundo, a EG ficou 4/4. A ORDER foi o saco de pancadas terminando 0/8.

A segunda fase será composta de um hexagonal. Todos os seis times ficam no mesmo grupo e jogam todos contra todos, em MD1 no formato ida e volta. As quatro equipes mais bem classificadas vão aos playoffs. A fase hexagonal acontece entre os dias 18 e 22 de maio.

Evil Geniuses x G2 Esports

As equipes entraram em Summoner’s Rift agitadas. Trocando sucessivos abates entre si, os times ficaram praticamente empatados até os 20 minutos. Na primeira grande luta , a G2 saiu com dois abates de vantagem no covil do dragão e aproveitou superioridade numérica para conquistar o barão.

Atrás na partida, a EG viu esperança em sair com a vitória após fazer o barão. Mesmo com o bônus, a equipe não conseguiu entrar na base inimiga e levou apenas uma torre tier 2 da rota do meio.

Na iminência do nascimento do dragão ancião, a G2 surpreendeu a EG no rio com um belo combo Diana/Yasuo e com direito a triple kill BrokenBlade, a equipe europeia conquistou o ace na luta. Com vantagem numérica, partiu para a base inimiga e venceu a partida.

Evil Geniuses x ORDER

A EG forçou um início de jogo com muita pressão, deixando a ORDER totalmente atordoada. Antes dos 10 minutos, a equipe americana tinha cinco mil de vantagem de ouro e nove abates.

Sem sofrer resistência, a EG não abriu a mínima possibilidade para a ORDER mostrar seu jogo. Com praticamente um stomp em todas as rotas, a EG usou o bônus do barão para invadir a base da equipe da Oceania e fechou o duelo.

G2 Esports x ORDER

Apesar de a G2 começar a partida em vantagem, a ORDER conseguiu algumas pequenas defesas, mas nada que fizesse frente ao ímpeto da equipe europeia.

Lutando dentro da selva inimiga, a G2 não dava chance e a ORDER não conseguia travar o jogo. Por forçar muito algumas lutas, a G2 cedia alguns abates, o que dava uma esperança para a ORDER se segurar na partida.

A G2 partiu para o barão e viu Kevy com seu Graves roubar o objetivo. Mesmo sem o bônus, a G2 forçou a entrada na base, levando dois inibidores. Na última luta, caPs e companhia invadiram a base inimiga, conquistaram um ace e venceram o jogo.

G2 Esports x Evil Geniuses

As equipes fizeram um early game dividido em prioridade de objetivos. Enquanto a G2 lutava melhor e tinha vantagem de abates, a EG focou nos primeiros dragões, levando dois.

Em ampla vantagem de abates e visão, a G2 pressionou com o bônus do barão e deixou a base da EG bastante castigada. Ficando na frente no quesito ouro em boa parte da partida, a EG não conseguia lutar bem e sem conseguir controlar as rotas laterais, não conseguia aplicar a vantagem de ouro dentro do jogo.

Na luta pela alma, a G2 saiu de uma desvantagem de 2 a 0 para conquistar a alma infernal. Na sequência, partiu para a base da EG e com direito a ace e venceram o jogo.

ORDER x Evil Geniuses

Com a ORDER eliminada e a EG classificada, as equipes foram para Summoner’s Rift por mera formalidade. A EG comandou o early game em todos os aspectos sem deixar a equipe da Oceania clicar. Aos 15 minutos, a EG vencia por 12 a 0.

Com um atropelo absurdo, a EG partiu para o barão aos 21 minutos. Sem fazer muito esforço, os norte-americanos entraram na base da ORDER e com um ace, fecharam a partida sem dificuldade.

ORDER x G2 Esports

Já classificada, a G2 buscava manter a invencibilidade. Diferente do jogo contra a EG, a ORDER saiu com uma vantagem de dois dragões e um arauto.

Apesar do susto, aos poucos a G2 foi aumentando a diferença no ouro e a visão de mapa. Estando à frente do placar, a G2 partiu para o barão, a ORDER tentou contestar e perdeu três jogadores.

Com o bônus, a G2 entrou pela rota do meio e aplicou um ace limpo. Em vantagem numérica, os europeus levaram o nexus e garantiram a vitória.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top