Mais Esportes

Muchová vence número um de virada, Brady leva a melhor; veja como foram as partidas de quartas de final do Australian Open

Ashleigh Barty Muchová Australian Open Brady perde de virada no Australian Open
(Photo by Daniel Pockett/Getty Images)

As últimas duas vagas para semifinal do Australian Open foram preenchidas entre a noite do dia 16 e esta madrugada (17). Após Serena Wiiliams e Naomi Osaka vencerem e garantirem vaga entre as quatro finalistas, do outro lado da chave contamos com vitória surpreendente de Karolina Muchova em cima de Ashleigh Barty. E em confronto estadunidense, Jennifer Brady levou a melhor contra Jessica Pegula com parciais de 4/6, 6/2 e 6/1. Confira no Esporte News Mundo!

DUELO ESTADUNIDENSE

O jogo entre Jennifer Brady e Jessica Pegula contou com equilíbrio entre as duas tenistas durante os dois primeiros sets. Enquanto Pegula saiu mais firme na primeira série alcançando melhor percentual de pontos vencidos com os dois saques, no segundo set, Brady foi melhor com seus serviços e foi menos errática.

Na parcial decisiva, a cabeça de chave número 22 alcançou o melhor desempenho de serviço na partida e não perdeu nenhum ponto com o primeiro serviço. Apesar de ter perdido o primeiro game, Brady quebrou a adversária três vezes para vencer os seis games seguintes e liquidar a partida em 1h47.

APAGÃO AUSTRALIANO

Após vencer o primeiro set com muita facilidade, a número um do ranking, Ashleigh Barty, caiu nas quartas de final do Australian Open para Karolina Muchová.

A australiana começou muito bem na partida vencendo os cinco primeiros games em apenas 18 minutos. Em alto nível, perdeu apenas três pontos com o primeiro serviço e um com o segundo. Com cada tenista confirmando o saque, Barty saiu na frente com 6/1 no placar.

Seguindo o desempenho da primeira parcial, a número um quebrou o serviço da tcheca logo no primeiro game do segundo set. No terceiro game, a número 27 pediu atendimento médico por não estar se sentindo bem em quadra. A tenista comentou em entrevista no final da partida que tinha se sentido um pouco perdida e que sentia a cabeça girando, mas que ficou melhor depois do atendimento.

Menos errática, Muchová cresceu no jogo e conseguiu quebrar o saque da número um duas vezes para fechar em 6/3 e levar o confronto para o set decisivo. As duas jogadoras dispararam oito bolas vencedoras, mas, em compensação, Barty cometeu mais do que o dobro de erros – 19 a oito.

Com melhor desempenho com os dois serviços e salvando todas as cinco oportunidades de quebra, Muchová quebrou a campeã de Roland Garros de 2019 duas vezes, no primeiro e quinto games, para sacar para liquidar a partida em 5/2. Barty teve três chances de quebrar o saque da tcheca, mas, sem sucesso, viu a tcheca fechar a partida com ace no primeiro match-point.

Karolina Muchova, que já faz a melhor campanha no Australian Open, enfrentará Jennifer Brady na semifinal – o que garante que o torneio terá uma finalista inédita nesta edição.

A tcheca segue firme na atual temporada tendo vencido todos os oito jogos que disputou.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top