Futebol Internacional

Napoli domina Sampdoria e vence a primeira no ano em jogo marcado por lesão de Insigne

Petagna fez o gol da vitória do Napoli sobre a Sampdoria. Foto: Francesco Pecoraro/Getty Images.

O Napoli venceu a Sampdoria por 1 a 0 na tarde deste domingo (9) pela 21ª rodada da Serie A e conquistou a primeira vitória em 2022. Em partida disputada no Estádio Diego Armando Maradona, os donos da casa dominaram os 90 minutos, mas saíram com a vitória pelo placar mínimo, com gol de Petagna ainda no primeiro tempo.

Nos últimos meses de contrato, o principal jogador do Napoli, Lorenzo Insigne sofreu uma lesão na virilha que pode afastá-lo dos gramados pelas próximas rodadas do Campeonato Italiano e do confronto com o Barcelona pela Europa League.

Com o resultado, o Napoli foi a 41 pontos e se mantém na briga por vaga na Uefa Champions League, na terceira colocação. Já a Sampdoria segue com 20 pontos, no 15º lugar.

O próximo compromisso do Napoli é pela Coppa Italia, quando recebe a Fiorentina em jogo único, na quinta-feira (13), às 14h (horário de Brasília). Já a Samp só volta a entrar em campo no sábado (15), às 11h (horário de Brasília), quando encara o Torino em casa pela Serie A.

O JOGO

Primeiro Tempo

A partida começou com domínio completo do Napoli, que focou as ações ofensivas principalmente pelo lado direito, com Di Lorenzo e Elmas, em busca de um cruzamento, mas sem conseguir oferecer real perigo ao goleiro Audero.

A primeira finalização da Samp só aconteceu depois dos dez minutos, com Gabbiadini, que bateu de fora da área, mas pegou mal e jogou por cima do gol. A chegada ao ataque pouco mudou a postura da equipe, que logo já voltou a se fechar toda na defesa.

Principal jogador do Napoli, Lorenzo Insigne sofreu uma lesão sozinho na virilha quando tentava disparar ao ataque. Num primeiro momento, a contusão gerou preocupação, mas o camisa 24 seguiu em campo.

Mesmo frequente no ataque, o Napoli só fez Audero trabalhar de fato depois da metade do primeiro tempo. O próprio Insigne arriscou um chutaço de longe e obrigou o goleirão a se esticar todo para espalmar em escanteio.

A insistência de Insigne de permanecer em campo durou poucos minutos, e o capitão napolitano teve de ser substituído. Nos últimos meses de contrato com o clube, o jogador deverá ser desfalque para as próximas partidas.

O Napoli, então, aumentou a blitz em busca do primeiro gol no jogo. Primeiro com Ghoulam, que bateu falta para boa defesa de Audero. Na sequência, Elmas chegou na linha de fundo e bateu cruzado, para desvio de Dragusin.

Depois de tanto insistir, o Napoli conseguiu mandar a bola para a rede com o brasileiro Juan Jesus, que cabeceou sem chances para Audero, mas após revisão do VAR, o gol foi anulado por impedimento do zagueiro.

Politano também quase marcou após fazer grande jogada pelo lado direito e acertar um chutaço de canhota, que passou rente à trave de Audero. A Sampdoria respondeu com Quagliarella numa finalização da entrada da área, mas sem força, para defesa de Ospina.

E finalmente, já aos 43 minutos, os donos da casa conseguiram balançar as redes de forma legal. Mertens fez boa jogada pelo meio e tocou para Elmas que cruzou, Ferrari cortou muito mal e Petagna aproveitou para, num lance acrobático, abrir o placar em Nápoles.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Segundo Tempo

A Sampdoria voltou dos vestiários com duas trocas. O goleiro Audero, que sentiu uma lesão no fim da primeira etapa, deu lugar a Falcone, e Tomás Rincón, que fez sua estreia pelo clube, entrou no lugar de Ekdal. Nos primeiros minutos, a equipe pareceu querer se abrir mais para o jogo, mas apresentou dificuldades com o domínio da bola.

O primeiro lance de perigo da etapa complementar surgiu com Mertens, que apareceu na pequena área para completar belo cruzamento de trivela de Elmas, mas o belga pegou de raspão e a bola passou à direita do gol.

Petagna também ameaçou o gol agora defendido por Falcone após receber na entrada da área, girar e bater colocado, mas o juiz deu falta do atacante do Napoli no zagueiro Chabot na jogada.

Atrás no placar, a Sampdoria tentou avançar mais suas peças em busca do gol de empate, enquanto o Napoli conseguiu administrar bem a posse de bola e evitou chegadas do adversário ao ataque.

O Napoli voltou a criar boas chances, mas desperdiçou ambas. Petagna recebeu de Juan Jesus pelo lado esquerdo e bateu colocado para obrigar Falcone a se esticar todo e defender. Depois, Mertens finalizou livre na grande área e jogou à esquerda do gol.

Nos últimos minutos do jogo, a Sampdoria partiu para o tudo ou nada e passou a empilhar jogadores no ataque, enquanto deixava a defesa mais exposta, o que fez o Napoli jogar no contra-ataque. A estratégia não surtiu o efeito esperado e o jogo terminou com vitória napolitana em casa.

FICHA TÉCNICA

Serie A – 21ª Rodada

Napoli x Sampdoria

Data: 09/01/2022, 12h (horário de Brasília)

Estádio: Diego Armando Maradona, Nápoles, Itália

Árbitro: Marco Di Bello

Gols: 1ºT –  43’ Petagna (Napoli)

Napoli (4-2-3-1): Ospina; Di Lorenzo, Rrahmani, Juan Jesus e Ghoulam (Tuanzebe); Demme (Fabián Ruiz) e Lobotka; Elmas, Mertens e Insigne (Politano); Petagna. Técnico: Luciano Spalletti.

Sampdoria (4-4-2): Audero (Falcone); Dragusin, Alex Ferrari (Gerard Yepes), Chabot e Augello (Murru); Ciervo (Caputo), Ekdal (Tomás Rincón), Askildsen e Thorsby; Gabbiadini e Quagliarella. Técnico: Roberto D’Aversa.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top